Jones finaliza Shields, Bendo derrota AJ e Gezary avança em GP no Polaris Pro 6

    Com finalização relâmpago, Jones se tornou o primeiro campeão peso-médio do Polaris (Foto reprodução Instagram)

    Realizado neste sábado (17), em Londres, na Inglaterra, o Polaris Pro 6 reservou ótimas lutas para os fãs de Jiu-Jitsu que acompanharam o evento. Dos 12 combates do card, oito terminaram em finalização, com destaque para o duelo principal. Mais novo, Craig Jones não tomou conhecimento do veterano Jake Shields e finalizou rapidamente na chave de calcanhar para conquistar o cinturão peso-médio da organização, em luta sem quimono.

    Com o resultado, o australiano, que foi uma das sensações do último ADCC, realizado no ano passado, se consolida cada vez mais como um dos grandes nomes da nova geração.

    No co-main event, Ben Henderson, ex-campeão do UFC e atual peso-leve do Bellator, mostrou sua evolução no chão ao derrotar o duro AJ Agazarm por decisão unânime dos jurados, vingando a derrota sofrida pelo Fight To Win Pro, em junho do ano passado.

    Bendo vingou sua última derrota para AJ, em 2017, ao vencer por decisão unânime (Foto reprodução Twitter)

    Ainda pelo card principal do Polaris Pro 6, a brasileira Gezary Matuda fez bonito e aplicou uma chave de tornozelo em Serena Gabrielli para avançar a grande final do GP até 55kg feminino. Outros destaques foram os triunfos de Marcin Held e Ffion Davies sobre Chris Fishgold e Chelsea Leah, respectivamente, ambos por finalização com uma chave de braço.

    Após o evento, em suas redes sociais, Jake Shields parabenizou Jones pela conquista e não deu desculpas, prometendo voltar “mais forte do que nunca” na próxima vez. Veja abaixo:

    RESULTADOS COMPLETOS:

    Polaris Pro 6
    Londres, na Inglaterra
    Sábado, 17 de fevereiro de 2018

    Card principal
    Craig Jones finalizou Jake Shields com uma chave de calcanhar
    Benson Henderson derrotou AJ Agazarm por decisão unânime dos jurados
    Gezary Matuda finalizou Serena Gabrielli com uma chave de tornozelo
    Marcin Held finalizou Chris Fishgold com uma chave de braço
    Marco Canha derrotou Ash Grimshaw por decisão unânime dos jurados
    Ffion Davies finalizou Chelsea Leah com uma chave de braço

    Card preliminar
    Ross Nicholls finalizou Tommi Pulkkanen com uma chave de calcanhar
    Oliver Lovell finalizou Tiago Valente com um estrangulamento
    Tommy Langaker finalizou Charlie McDonald com um estrangulamento da gola
    Santeri Lilius derrotou Bradley Hill por decisão unânime dos jurados
    Sean McDonagh finalizou Jay Butler com uma americana no pé
    Emilia Tuukkanen derrotou Leoni Munslow por decisão unânime dos jurados

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome