Cláudia do Val revela ‘pausa’ por cirurgia e vontade de lutar o Mundial Master; leia

Publicado em 01/02/2018 por: Mateus Machado
Cláudia do Val revela ‘pausa’ por cirurgia e vontade de lutar o Mundial Master; leia Cláudia do Val, sob forte emoção, revelou que sofreu muito no período (Foto Anderson Mike)

publicidade

Por Mateus Machado

Após terminar 2017 em alta com a conquista de diversos títulos na arte suave, Cláudia do Val começou 2018 da mesma maneira. Na primeira grande competição da temporada, a faixa-preta foi campeã em sua categoria no Europeu de Jiu-Jitsu da IBJJF, ao derrotar Samantha Cook na decisão dos árbitros. No absoluto, todavia, a lutadora foi derrotada na semifinal por Bia Mesquita, que posteriormente foi superada por Tayane Porfírio na grande final.

Apesar do título em sua divisão no Europeu, Cláudia terá que fazer uma pausa forçada. Isto porque a atleta realizou uma artroscopia de ombro e, inicialmente, ficará ausente por dois meses. Desta forma, a faixa-preta perderá a disputa do Pan-Americano, que será realizado no mês de março, nos Estados Unidos.

Em entrevista exclusiva à TATAME, a lutadora avaliou o seu desempenho no Europeu, com o título em sua categoria, trouxe detalhes de sua cirurgia no ombro e revelou que pretende disputar seu primeiro Mundial como Master, já que em 2018 completa 30 anos.

Confira a entrevista completa com Cláudia do Val:

– Avaliação do desempenho no Europeu

Eu sempre tenho um desempenho em campeonatos bem abaixo do que nos meus treinos. Eu não sei lidar com a adrenalina e isso muitas vezes leva o melhor de mim, diminuindo muito minha capacidade dentro do tatame. Quanto à adrenalina, eu acho que é cobrança própria, em campeonatos que são mais importantes e também quando me sinto na responsabilidade. O que acontece é que o coração dispara, e em 10 segundos de luta já estou sem força, sem gás.

– Título em sua categoria e derrota para Bia Mesquita no absoluto

Como eu já disse anteriormente, eu tenho muito problema com a adrenalina e nessa luta eu já estava bem nervosa. Era meu último campeonato antes da cirurgia e eu queria demais esse título. Eu contava com a vitória. Mesmo que a luta tenha sido levada para a decisão, acho que dominei, mas certamente não estou feliz com o desempenho e esperava ter lutado melhor. (Sobre o absoluto) Já lutei algumas vezes com a Bia (Mesquita) e ainda não ‘me descobri’ ali. Ela é uma excelente atleta e muito experiente, e ainda tenho que treinar bastante, trabalhar alguns detalhes para alcançar essa vitória.

– Cirurgia realizada logo após o Europeu

Foi uma artroscopia de ombro. Eu já convivia com a lesão há dois anos, tinha muita dor e séria limitação de movimentos. O prazo certo (de retorno) eu não sei te dizer, mas eu estou morrendo de vontade de poder lutar (risos). Minha esperança é de voltar em dois meses, mas pode ser mais tempo.

– Principais metas para a temporada

Devido à cirurgia, estou de fora do Pan-Americano, mas tenho esperanças de lutar o Brasileiro, o Mundial de adulto e também o Mundial de master. O Mundial de master é um campeonato à parte, né? Mas só pra quem é master, e é um evento muito maneiro. Agora que eu posso, tenho muita vontade de lutar

– Desejos para o ano de 2018

Meu maior desejo é poder lutar em toda a minha capacidade, conseguir entrar no tatame e dar 100% de mim, ser a melhor versão de mim mesma. Óbvio que gostaria de ser campeã de todas as competições, mas estou de olho no Mundial e no Mundial de master também, que será meu primeiro ano.

Cláudia do Val revelou que pretende disputar o Mundial Master em 2018 (Foto: FloGrappling)

Cláudia do Val revelou que pretende disputar o Mundial Master da IBJJF em 2018 (Foto: FloGrappling)

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade