McGregor garante retorno ao MMA, diz que se ofereceu para enfrentar Edgar e aponta: ‘Sou o melhor nisto’

Publicado em 23/02/2018 por: Yago Redua
McGregor garante retorno ao MMA, diz que se ofereceu para enfrentar Edgar e aponta: ‘Sou o melhor nisto’ Dana voltou defender o retorno de McGregor e cogita retirar o cinturão do irlandês (Foto Getty Images / UFC)

publicidade

Poucas horas após Dana White, presidente do Ultimate, afirmar que vai tirar o cinturão dos leves de Conor McGregor, o irlandês se manifestou. “Notorius” fez uma publicação nas redes sociais, afirmando que vai retornar ao MMA e, inclusive, pediu para substituir o lesionado Max Holloway, campeão dos penas, em luta contra Frankie Edgar, no UFC 222, que acontece no próximo dia 3. No entanto, segundo o lutador, não houve tempo hábil por questões financeiras.

“Eu vou lutar de novo. Ponto. Sou o melhor nisto. Coloquei meu nome à disposição para entrar no UFC 222 e enfrentar Frankie Edgar quando Max Holloway se retirou, mas me disseram que não havia tempo o suficiente para fechar o dinheiro que o UFC precisaria. Eu estava empolgado em aparecer no último minuto e derrubar o último peso-pena (restante), sem todo o resto das coisas que vêm com este jogo. Por favor, respeitem a insana quantidade de trabalho que eu fiz fora do jogo da luta. Além da luta. Estou aqui. Depende deles virem me buscar. Porque eu estou aqui. Sinceramente, O Campeão Campeão™”, postou McGregor.

A última luta de Conor pelo Ultimate foi em novembro de 2016, quando nocauteou Eddie Alvarez e se tornou campeão dos leves. Já em 2017, no mês de agosto, o irlandês subiu ao ringue para desafiar Floyd Mayweather, em uma superluta de Boxe e perdeu por nocaute técnico no décimo assalto.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade