Tate afirma ter ‘perdido a fé’ em Jones, que rebate: ‘Aproveite a aposentadoria’

    Miesha Tate afirmou que era fã de Jon Jones, mas que 'perdeu a fé' no ex-campeão (Foto: Getty Images)

    Ex-campeã peso-galo do Ultimate, Miesha Tate encerrou a carreira no MMA em novembro de 2016, após derrota para Raquel Pennington. No entanto, “Cupcake” permanece dando seus “pitacos” em assuntos relacionados a modalidade. Em entrevista ao MMA on Sirius XM, a ex-lutadora revelou que “perdeu a fé” em Jon Jones, que teve a licença revogada pela Comissão Atlética da Califórnia (CSAC), na terça-feira (27), após seu último caso de doping no UFC 214, em julho de 2017.

    “A questão é que, neste momento, não me importo mais se ele voltará, porque perdi a motivação, o interesse e a fé em Jon Jones. Em três ou quatro anos, se ele receber uma grande suspensão (da USADA), se ele realmente mudar, talvez ele tenha uma chance de recuperar (seu legado), mas no atual momento, não me importo mais. Jones passou, para mim. Estou cansada disso. Eu não quero ouvir a sua historinha. Eu me senti mal por ele na primeira, na segunda ele me enganou, mas só me faça de boba uma única vez. Me enganar três vezes é como dizer… estou esperando pela quarta? Não, já deu”, disparou Tate.

    Com a repercussão da declaração da ex-campeã do UFC, “Bones” usou as redes sociais para se manifestar. O meio-pesado rebateu Tate e ainda usou o fato da aposentadoria de “Cupcake” como argumento.

    “Miesha, eu não paro quando as coisas ficam difíceis para mim, eu fico mais forte. Você apenas espera e vê, talvez, você ache sua motivação nisso. É uma droga perder você como fã. Aproveite a sua aposentadoria, irmã”, postou.

    Com a revogação da licença de lutador pela Comissão Atlética da Califórnia (CSAC), Jones agora aguarda o julgamento da USADA (Agência de Antidoping dos EUA) que realiza o controle de doping do Ultimate. Ainda não tem prazo para acontecer a audiência.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome