Abu Dhabi Grand Slam da UAEJJF chega à Londres para última etapa da temporada; confira

    Igor é um dos lutadores que estão na briga pelo título geral do ranking da UAEJJF (Foto Ane Nunes / Gentle Art Media)

    Em Londres, na Inglaterra, neste fim de semana, sábado (10) e domingo (11), acontece a última etapa do Abu Dhabi Grand Slam da UAEJJF, na Copper Box Arena. Os lutadores estão na corrida pelo topo do ranking da Federação, em disputas que prometem ser acirradas, com cada ponto sendo decisivo pelo topo da classificação ao fim da temporada.

    Principal atração do torneio, a divisão do adulto faixa-preta terá nomes como Mayssa Bastos, Amanda Nogueira, Larissa Paes, Charlotte Von Baumgarten, Ana Carolina Vieira, Samantha Cook, José Carlos, Hiago George, Kywan Gracie, Flavio Vianna, Jaime Canuto, Isaque Bahiense, Helton Junior, Adam Wardzinski e Igor Silva.

    Sobre a etapa final da terceira temporada de Grand Slam, SE Abdulmunem Al Hashemi, presidente da UAEJJF, presidente da Jiu-Jitsu Asian Union e vice-presidente sênior da Federação Internacional Jiu-Jitsu, disse: “Em primeiro lugar, gostaria de agradecer aos nossos patrocinadores: ADNOC, Abu Dhabi Media, Abu Dhabi Tourism, Emaar e Palm Sports por seu apoio”, comentou o presidente, que seguiu falando sobre o evento.

    “Eu também tenho que agradecer aos nossos parceiros de TV em todo o mundo por apoiar o esporte do Jiu-Jitsu, que anteriormente não costumava ganhar muito tempo de antena na TV internacional. Eles ajudaram a fazer o Abu Dhabi Grand Slam o mais valioso torneio Jiu-Jitsu do mundo. Desejo aos participantes a melhor sorte em Londres”, afirmou.

    O britânico Oliver Lovell, campeão europeu na faixa-preta, que está competindo na categoria de adultos até 77kg, disse: “O Jiu-Jitsu como esporte realmente cresceu muito nos últimos dois ou três anos e devo dizer que a Federação de Jiu-Jitsu dos Emirados Árabes Unidos tem uma grande parcela nisso. Todo lutador de alto nível quer competir no Grand Slam, então, ter esse torneio de classe mundial aqui em Londres é realmente um privilégio para todos os atletas aspirantes a Jiu-Jitsu”, analisou o lutador da casa.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome