Tanquinho é notificado por potencial violação em exame antidoping e está fora do UFC Atlantic City; saiba

    Tanquinho acabou cortado do UFC Fight Night 128 enquanto aguarda a resolução do seu caso (Foto Getty Images / UFC)

    O card do UFC Fight Night 128, marcado para acontecer no dia 21 de abril, em  Atlantic City (EUA), sofreu uma baixa na última terça-feira (20). Isto porque Augusto Tanquinho, que enfrentaria Mareb Dvalishvili, foi retirado do evento após ser flagrado em exame por uma potencial violação no código antidoping do Ultimate. A USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) notificou o brasileiro por conta de uma amostra coletada no dia 7 de março, onde teriam sido encontrados resultados suspeitos. Vale ressaltar que a entidade não especificou o tipo de violação ou a possível substância encontrada no brasileiro.

    A saída de Augusto Tanquinho do UFC Atlantic City ainda não está relacionada com uma punição, e sim como uma falta de tempo para a resolução do caso, já que falta pouco menos de um mês para a realização do combate. A partir de agora, a USADA vai iniciar investigações para saber a fundo o tipo de violação, antes de impor qualquer tipo de “gancho” ao lutador, que deverá ser substituído por um outro atleta no card do dia 21.

    Estrela do Jiu-Jitsu, onde conquistou diversos títulos em sua trajetória na modalidade, Augusto Tanquinho estreou no MMA profissional em 2014 e, desde então, contabilizou seis vitórias e duas derrotas. Pelo Ultimate, o brasileiro soma três duelos, com reveses para Cody Garbrandt e Aljamain Sterling, e um triunfo sobre Frankie Saenz, em sua última luta.

    Confira o comunicado divulgado pelo Ultimate:

    “A organização do UFC foi notificada hoje que a Agência Antidoping dos EUA (USADA) informou Augusto Mendes de uma potencial violação da política antidoping oriunda de uma amostra fora de competição, coletada em 7 de março de 2018. Devido à proximidade com a luta de Mendes marcada para o UFC FIGHT NIGHT: BARBOZA x LEE em Atlantic City, Nova Jersey (EUA), em 21 de abril de 2018 contra Merab Dvalishvili, Mendes foi removido do card, e o UFC está atualmente buscando um substituto para o seu lugar.

    A USADA, o administrador independente da política antidoping do UFC, vai lidar com o gerenciamento dos resultados e a adjudicação apropriada deste caso envolvendo Mendes. Sob a política antidoping do UFC, há um processo legal justo e completo atribuído a todos os atletas antes de que qualquer sanção seja imposta. Informações adicionais serão repassadas no momento apropriado, conforme o processo for se desenrolando.”

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome