Mayweather inicia treinos com Woodley e cutuca: ‘Eu sou o maior nome do MMA’

    Floyd iniciou os treinamentos para o MMA neste semana sob a supervisão de Woodley (Foto Getty Images)

    Um dos maiores nomes da história do Boxe, Floyd Mayweather está, definitivamente, disposto a lutar MMA. O ex-pugilista declarou ao site FightHype que começou a treinar em Miami, nos Estados Unidos, com o apoio de Tyron Woodley, campeão dos meio-médios do UFC. “Money” projetou ainda que quer estrear na nova modalidade até o fim deste ano.

    “Já comecei a treinar. Não a parte física, só a parte de resistência. Estou pensando em lutar MMA. Já pensei sobre isso. Comecei a treinar em Miami e estou pensando em lutar provavelmente no fim do ano. Agora, (as chances) são de 50-50, não é 100%, mas já comecei a treinar. Realmente não sei ainda, mas estou muito interessado. Vamos ver. Tudo leva tempo”, apontou Floyd, que aproveitou para ironizar seu desafeto Conor McGregor, contra quem lutou no Boxe e venceu em agosto de 2017, por nocaute técnico.

    “Sei que agora eu sou o maior nome do MMA de longe. Sei disso. E o segundo maior nome é Conor McGregor. É tudo entretenimento. Eu amo me divertir. Nos primeiros dois ou três rounds, eu nem estava fazendo nada. Deixei ele fazer o que faz. Mas no MMA seria totalmente diferente, porque não usamos calçados e estamos com luvas de quatro onças. Você acha que sou rápido com luvas de oito onças, então imagine quão rápido eu seria com luvas de quatro onças. Não sei dizer como as coisas vão funcionar (sobre os valores). Eu sou um cara de números. É tudo sobre números. Dependendo dos números, podemos fazer acontecer (uma revanche com McGregor). Nunca amarelei para nenhum lutador”, afirmou.

    Treinos com Woodley em Miami

    Campeão do UFC, Woodley será responsável por capacitar o jogo de Mayweather para o MMA. O lutador contou ao site TMZ que “Money” não precisa virar um faixa-preta de Jiu-Jitsu da noite para o dia, ou chutar como o Bruce Lee. “The Chosen One” quer traçar uma “estratégia” para Floyd conseguir impor o seu Boxe de alto nível, evitando que os adversários o levem para o chão facilmente e assim consigam uma vantagem sobre ele.

    “Acho, obviamente, que a trocação dele é uma das melhores que já vimos na história do esporte. Qualquer um com a habilidade de esquivar um soco numa fração de segundo, acho que, com repetição e exercícios apropriados, pode evitar uma tentativa de queda do Wrestling. Esse vai ser obviamente o objetivo primário, equipá-lo com as ferramentas para não ser derrubado, e se ele for derrubado, como manter a calma e se levantar, voltar aonde ele precisa estar, no centro do cage”, apontou o campeão meio-médio do Ultimate.

    5 COMENTÁRIOS

    1. ENQUANTO ESSE HOMEM NÃO SER DERROTADO PELO ASTRO NOTÓRIOS ELE NÃO VAI PARAR …. VAIS PEGAR UMA BABINHA NA ESTRÉIA DEPOIS VAI ACHAR QUE É O REI DO MMA EVAI DESAFIAR O PRÍNCIPE DA CORTE E PERDERÁ DE VEZ A MAJESTADE ….. OZZZZZZZZZZZZZZ

      • kkkkk…. Seu principe nem dá as caras mais de tanto medo de Khabib e do Ferguson…. kkkkkkkk… nem leigo discorda….

    2. Ser o maior nome do MMA não significa ser o melhor lutador de MMA. Realmente, é capaz de darem um frango pra ele na estréia, pra ele enche a barriga de orgulho. Ai na hora que enfrentar alguém que não se compra e não se vende, vai ser um dia ruim pra ele.

    3. Difícil essa primeira luta sair, pois não terá a mínima chance. É só pra chamar a atenção. Esse babaca milionário se promove demais, ele se glorifica em ter ganho de Conor, entretanto, isso foi no décimo round.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome