Campeão do ONE, Alex Silva diz: ‘Esse cinturão vai ficar um bom tempo comigo’

Publicado em 17/03/2018 por: Mateus Machado
Campeão do ONE, Alex Silva diz: ‘Esse cinturão vai ficar um bom tempo comigo’ Alex Silva mostrou toda a qualidade do seu jogo para conquistar o cinturão dos palhas do ONE (Foto: Divulgação/ONE)

publicidade

Por Yago Rédua

Atual campeão peso-palha do ONE Championship, Alex Silva faturou o cinturão após uma intensa disputa contra Yoshitaka Naito, em dezembro do ano passado, onde saiu vencedor por decisão unânime dos jurados após cinco rounds de luta. No topo de sua categoria, o brasileiro sabe que sua responsabilidade ficará ainda maior em suas próximas lutas, quando terá que colocar seu título em jogo.

Ciente do desafio, Alex conta com uma estrutura de ponta em sua equipe, a Evolve MMA, que conta com outras feras brasileiras. Além disso, o paulista espera seguir como campeão para manter a dinastia de brasileiros que possuem o título do One Championship, casos de Bibiano Fernandes e Adriano Moraes.

“Eles são uma inspiração para mim. Admiro, porque eles estão por merecimento (no topo). Quero continuar esse trabalho e fazer o mesmo que eles fazem, na minha categoria (dos palhas). Acredito que essa é a minha categoria. Esse cinturão vai ficar um bom tempo comigo”, disse o brasileiro.

Confira outros trechos da entrevista com Alex Silva:

– Título do ONE Championship

Eu venho trabalhando duro para isso e, graças a Deus, tenho tido bons resultados, com boas finalizações. Isso aí, para mim, é só o começo e tenho certeza que vou trabalhar duro para defender esse cinturão e proteger como a minha vida. Lógico também que serviu para coroar, mas assim, tenho que continuar trabalhando duro, porque eu sei que está todo mundo atrás desse cinturão.

– Estratégia na luta

A minha estratégia é sempre usar o chão, usar o Jiu-Jitsu. Confio bastante no meu chão, nas minhas habilidades. Mas, na última luta (contra Yoshitaka Naito), preferimos usar mais o Muay Thai, pelo fato de estar lutando na Tailândia, em Bangkok. Eu tenho maior respeito pelos meus adversários, mas eu tinha total confiança de que poderia ganhar dele na parte em pé ou em qualquer parte da luta. E queríamos fazer uma luta boa para o público. Se alguma coisa estivesse errado, iria voltar para a estratégia de usar o chão. Mas na hora, eu estava me divertindo, deu tudo certo e, graças a Deus, fiz uma boa luta e sai com o cinturão.

– Seguir a dinastia de brasileiros no ONE

O Adriano Moraes e o Bibiano (Fernandes) são meus parceiros, sempre que temos a oportunidade de estarmos juntos a gente conversa. Eles são uma inspiração para mim. Admiro, porque eles estão por merecimento (no topo). Quero continuar esse trabalho e fazer o mesmo que eles fazem, na minha categoria (dos palhas). Acredito que essa é a minha categoria. Esse cinturão vai ficar um bom tempo comigo.

– Rotina na Evolve MMA

A rotina aqui na Evolve MMA é muito boa, estamos sempre rodeados de campeões mundias. Tem a galera do Muay Thai, que são lendas na Tailândia, tem a galera do Jiu-Jitsu, que são campeões mundiais. Uma galera bem dura. Os treinos são bons. Sempre está aqui também a galera que vem fazer o camp, como o Rafael dos Anjos. Com certeza, eu acredito que em 2018 o time da Evolve vai vir mais forte e vai fazer mais uns dois campeões no ONE.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade