Herbert Burns não luta MMA desde agosto do ano passado, quando fez a última luta do seu contrato com o evento asiático ONE Championship. Desde então, ele vem negociando com alguns eventos americanos, e a expectativa é fechar uma luta até abril. Depois disso, o faixa-preta planeja lutar em junho e, em seguida, espera conseguir uma vaga no “Dana White’s Contender Series”, reality show do UFC que acontece em agosto, em Las Vegas.

“Estou livre no mercado e tenho conversado com alguns eventos locais aqui na Flórida. Recebi algumas propostas e a minha intenção é lutar aqui nos Estados Unidos. Essa é a minha prioridade. Mas, claro, se tiver algum evento no Brasil, no Oriente Médio ou na Ásia interessados, estou aberto a essas possibilidades. Minha expectativa é lutar em abril e depois em junho. Quero fazer duas lutas antes de agosto, porque em agosto pretendo lutar o ‘Contender Series’. Meu empresário já está em contato com a organização e acredito que seria uma ótima oportunidade lutar nesse evento”, comentou Burns, projetando o futuro.

Enquanto não acerta o seu retorno aos cages, o faixa-preta de Jiu-Jitsu fechou contrato para fazer uma luta de grappling no Fight to Win Pro 68 contra Ricky Semiglia. O evento acontece no fim deste mês, dia 30 de março, em Fort Lauderdale, na Flórida (EUA).

“Será uma luta de 10 minutos e a minha expectativa é sair com a vitória, de preferência finalizando. Estou treinando, estou saudável e vou chegar bem preparado para essa luta. Vou lutar o Fight to Win para manter o ritmo, porque o meu foco é o MMA. Espero embalar uma boa sequência de lutas até o final do ano”, encerrou o irmão de Gilbert Durinho.