Lutadores celebram chance de participar de superluta no Troféu Brasil da FJJD-Rio; confira

    Ruan Oliveira, da Soul Fighters, vai enfrentar Marcus Junior na superluta do Troféu Brasil (Foto Click Art'suave)

    Por Yago Rédua

    Com três superlutas confirmadas, a FJJD-Rio garantiu mais um duelo para o Troféu Brasil, a terceira etapa do Circuito Brasil Open Mineirinho em 2018. Ruan Oliveira (Sou Fighters), que estava confirmado pela organização, vai enfrentar Marcus Junior (GFTeam). Há cerca de dez dias para o evento, a Federação fecha os quatro combates que prometem animar o Clube Municipal, na Zona Norte do Rio de Janeiro, no próximo dia 14 de abril.

    Faça sua inscrição no Troféu Brasil, aqui

    Além das superlutas, a terceira etapa do ranking vai ter pontuação em dobro, como uma forma de estimular os atletas que não foram bem nas etapas anteriores. Desta maneira, a corrida pelas passagens para competições internacionais da UAEJJF, como o Grand Slam de Los Angeles e Londres, além do World Pro, ficam acirradas. O período de inscrições termina na próxima sexta-feira (6) e pode ser feito através do site oficial da FJJD-Rio.

    Ruan Oliveira, Magno Mota e Fábio Oliveira, este treinador de Alessandro Carvalho (Nova União), falaram com à TATAME e destacaram a importância de participar da superluta.

    Confira abaixo as declarações:

    – Ruan Oliveira (Soul Fighters)

    Vejo como uma ótima oportunidade para mostrar meu trabalho no evento, na qual já participei varias vezes. Me sinto lisonjeado. O apoio da minha equipe é indispensável, é o combustível que eu preciso em todas as lutas. Junto com meu mestre Leandro Escobar “Tatu”, que me motiva a dar o meu melhor, vamos para mais uma batalha juntos.

    – Magno Mota (Brigadeiro BJJ)

    Acho uma ótima oportunidade de me desafiar, mostrando o meu Jiu-Jitsu para o público e representando a minha equipe Brigadeiro BJJ. Fiquei contente em receber o convite e aceitei mesmo sem saber com que iria lutar… O objetivo é lutar bem, pra frente e dar o meu melhor para sair com resultado positivo. Conto meus alunos, companheiros de treinos e aquela galera que está sempre na torcida por mim nos campeonatos. Graças a Deus tenho muitos amigos no Jiu-Jitsu e posso contar com a torcida deles também.

    – Fábio Andrade (Nova União)

    Vejo essa oportunidade da melhor forma possível, primeiro pela instituição que é e pela oportunidade que ela dá aos atletas. A FJJD-Rio está de parabéns pela iniciativa. Tenho certeza que sim (apoio da torcida), o Alessandro e Magno irão proporcionar uma linda luta para o público, bobo é quem não for assistir… No dia 14 estaremos lá com força total.

    Confira as superlutas no Troféu Brasil:

    Magno Mota (Brigadeiro JJ) x Alessandro Carvalho (Nova União)
    Vinicius Vieira (Kioto) x Thiago Manchinha (Black Team)
    Marcelo Nigue (Top Brother) x Felipe Cobra (Equipe Nova Geração)
    Ruan Oliveira (Soul Fighters) x Marcos Junior (GFTeam)

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome