Após confusão que resultou em menos três lutas no UFC 223, McGregor se entrega à polícia; veja

    Conor enfrentará múltiplas acusações após confusão na Barclays Center, em Nova York (Foto Getty Images / UFC)

    Os últimos desdobramentos da invasão de Conor McGregor e seu “time” à Barclays Center, em Nova York (EUA), na última quinta (5), não são nada positivos para o irlandês. O ataque do lutador ao ônibus da organização foi responsável por retirar duas lutas do card do UFC 223, marcado para este sábado (7). Sendo assim, Michael Chiesa e Ray Borg, além de Artem Lobov, que acompanhou Conor em seu ataque de fúria atrás de Khabib Nurmagomedov, foram cortados do evento, que agora passa a ter dez ao invés de 13 lutas.

    Por conta do seu ataque, McGregor se entregou à polícia na noite da última quinta-feira. O lutador, que estava impedido de deixar NY e era considerado foragido, agora responderá por múltiplas acusações, que prometem causar grandes problemas ao seu futuro no cage.

    Confusão tira três combates do UFC 223

    O ataque de Conor McGregor ao ônibus onde estavam lutadores que farão parte do UFC 223 trouxe graves consequências ao evento, que agora contará com dez combates, e não 13, como estava anteriormente programado. Ao atirar objetos, Conor quebrou um vidro do veículo e, consequentemente, atingiu alguns atletas que estavam dentro do automóvel.

    Desta forma, dois confrontos que seriam realizados na edição precisaram ser cancelados. Michael Chiesa, que enfrentaria Anthony Pettis, sofreu cortes no rosto e na testa, sendo vetado pelos médicos após exames. Além deste, o peso-leve Ray Borg, que teria Brandon Moreno pela frente, foi levado ao hospital após suspeita de ter fragmentos de vidro nos olhos, e também teve sua luta desmarcada. As informações são do MMA Fighting e ESPN.

    Já Artem Lobov, amigo de Conor McGregor que iria encarar Alex Caceres no UFC 223, foi retirado do card após ser visto na confusão liderada por “Notorious”. Ainda na última quinta, em entrevista aos jornalistas, Dana White vetou a participação do atleta no evento.

    Conor se entrega e recebe acusações

    Conor McGregor e seu companheiro de equipe, Cian Cowley, foram detidos em Nova York na noite de quinta-feira, conforme informou um porta-voz do Departamento de Polícia de Nova York ao site MMA Fighting. O irlandês terá que responder por três acusações de agressão e uma acusação de dano criminal devido ao seu envolvimento na briga na Barclays Center. Já Cowley recebeu uma acusação de agressão e uma de dano criminal.

    Ao se apresentar às autoridades locais, McGregor ficou sob custódia na 78ª Delegacia de Nova York e aguardará novos desdobramentos sobre as investigações do polêmico caso.

    Ultimate emite nota oficial sobre o caso

    Após toda a repercussão negativa do caso protagonizado por Conor McGregor e sua equipe, o Ultimate emitiu uma nota oficial onde reforça que está trabalhando junto à Comissão Atlética de Nova York e outras autoridades para garantir a segurança do evento do próximo sábado (7), além de colaborar para maiores investigações envolvendo a confusão.

    “Durante o evento de imprensa para promover o UFC 223: Khabib x Holloway, realizado na Barclays Center nesta tarde, Conor McGregor e Artem Lobov adentraram o recinto acompanhados de mais de uma dúzia de indivíduos. O grupo, que incluía McGregor e Lobov, vandalizou o veículo que abrigava parte dos lutadores que competirão no evento que acontece neste final de semana. O Departamento de Polícia de Nova York foi acionado imediatamente e está no processo de investigar a situação. O UFC está trabalhando próximo à Comissão Atlética de Nova York, à Barclays Center e às autoridades. Todas as partes estão trabalhando em conjunto para assegurar que o mais alto padrão de segurança e prevenção sejam implementados para proteger fãs e atletas. A organização considera a situação completamente inaceitável e está trabalhando nas consequências que seguirão. Imediatamente, Lobov foi removido do card deste final de semana, e os indivíduos envolvidos no incidente não são bem-vindos na cerimônia de pesagem que acontece amanhã, nem no evento que acontecerá no sábado no Barclays Center, em Nova York”.

    CARD COMPLETO:

    UFC 223
    Brooklyn, em Nova York (EUA)
    Sábado, 7 de abril de 2018

    Card principal
    Max Holloway x Khabib Nurmagomedov
    Rose Namajunas x Joanna Jedrzejczyk
    Renato Moicano x Calvin Kattar
    Al Iaquinta x Paul Felder

    Card preliminar
    Karolina Kowalkiewicz x Felice Herrig
    Joe Lauzon x Chris Gruetzemacher
    Evan Dunham x Olivier Aubin-Mercier
    Bec Rawlings x Ashlee Evans-Smith
    Devin Clark x Mike Rodriguez
    Zabit Magomedsharipov x Kyle Bochniak

    6 COMENTÁRIOS

    1. Esse é somente mais um show pra promover a luta do Conor e do Nurmagomedov, pois se o acontecimento fosse sério, Dana baniria o Irlandes do UFC.

    2. irlandes pecam em moral e etica enchem o cu de cana brigoes fazem merda pa caralho tranquem esse pinta com o bob sapp na mesma cela e joguem for a a chave que o seu brioco vire berimbaum no xilindro pras negadinhas kkkkkkkkkkkk

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome