Erberth, Tayane, Mahamed Aly e Cláudia do Val brilham em torneios da IBJJF; leia

    Erberth Santos retomou o caminho das vitórias e brilhou na disputa do Rio Open (Foto IBJJF)

    Realizado no último final de semana, na Barra da Tijuca (RJ), o Rio Open de Jiu-Jitsu mais uma vez contou com grandes representantes da modalidade em ação. Nas disputas com quimono, no sábado (7), destaques para Erberth Santos e Tayane Porfírio, que saíram do torneio com o ouro duplo no adulto faixa-preta masculino e feminino, respectivamente.

    Reencontrando o caminho das vitórias, Erberth levou o primeiro ouro na categoria pesadíssimo e, após superar Marcelo Victor, fechou com o amigo Luan Carvalho para ficar com o título. Já no absoluto, o líder do Esquadrão de Jiu-Jitsu Brasileiro derrotou Rodrigo Silva por decisão unânime dos árbitros para carimbar sua segunda medalha dourada. Tayane, recuperada de lesão, esteve presente para competir, no entanto, sem adversárias para enfrentar, ficou em primeiro lugar em sua divisão e também no peso aberto.

    No masculino faixa-preta, outros atletas brilharam e saíram com o ouro. No peso-galo, José Carlos “Cocó” foi o grande campeão, além de Magno Mota e Isaque Paiva, no pluma e pena, respectivamente. Além disso, Hugo Marques, Servio Tulio, Marcos Aurélio, Vitor Toledo e Rodrigo Silva também garantiram o lugar mais alto do pódio em suas categorias. No feminino, Ana Carolina Schmitt e Michelle Tavares foram campeãs no pena e leve.

    Confira os resultados completos do Rio Open com quimono, aqui
    Confira os resultados completos do Rio Open sem quimono, aqui

    Servio Tulio chegou com tudo na faixa-preta e foi campeão mais uma vez, agora no Rio Open (Foto: Vitor Freitas)
    Servio Tulio chegou com tudo na faixa preta e foi campeão novamente, agora no Rio Open (Foto Vitor Freitas)

    Mahamed Aly, Spriggs e Do Val se destacam em Washington

    Capital dos Estados Unidos, Washington foi sede de mais um Open da IBJJF. Nas disputas do último final de semana, destaques para Mahamed Aly e Tim Spriggs, representantes da Lloyd Irvin. O brasileiro levou o título em sua categoria, a dos pesadíssimos, ao vencer Grafton Skaggs na grande final. Já o americano entrou em ação nos superpesados e garantiu a medalha dourada derrotando Eduardo Silva na grande final. No absoluto, Mahamed superou Thomas John e Alexandre Molinaro e, na decisão, fechou com o companheiro Spriggs, carimbando a dobradinha para a equipe dos Estados Unidos.

    Confira os resultados completos do Washington Open com quimono, aqui
    Confira os resultados completos do Washington Open sem quimono, aqui

    Juntando as disputas com e sem quimono, Mahamed Aly levou quatro ouros (Foto: IBJJF)
    Juntando as disputas com e sem quimono, Mahamed Aly levou quatro ouros no Washington Open (Foto IBJJF)

    No feminino, sem adversárias para enfrentar em sua categoria e também no absoluto, Cláudia do Val ficou com o ouro duplo e segue em alta no ranking geral da IBJJF.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome