Dos Anjos acredita que ‘episódio Conor’ mudou o local do duelo com Colby; saiba

    Duelo entre Rafael dos Anjos e Colby Covington será realizado em Chicago, nos Estados Unidos (Foto Getty Images / UFC)

    Por Mateus Machado

    A partir do momento em que o duelo entre Rafael dos Anjos e Colby Covington, pelo cinturão interino da divisão dos meio-médios, foi anunciado para o UFC 224, que será realizado no Rio de Janeiro, no dia 12 de maio, os fãs brasileiros de MMA adotaram um sentimento de “vingança”, já que em sua última luta, o americano derrotou Demian Maia no UFC São Paulo, em outubro do ano passado, e fez diversos insultos aos torcedores brasileiros, que ficaram revoltados com a postura desrespeitosa do lutador americano.

    Chamando os brasileiros de “animais imundos”, Covington deixou bem claro que a postura para se promover na organização havia passado dos limites. Desta forma, procurando evitar possíveis transtornos com uma nova presença de Colby no Brasil, o Ultimate decidiu agendar o confronto para o dia 9 de junho, no UFC 225, em Chicago, nos Estados Unidos.

    A lamentável postura de Conor McGregor na semana do UFC 223, no começo de abril, quando o irlandês invadiu um evento de divulgação da edição e chegou a quebrar o vidro de um ônibus, ferindo lutadores que estariam no card, fez o Ultimate ligar o sinal de alerta para possíveis novas confusões envolvendo lutadores da organização. Em entrevista à TATAME, Rafael dos Anjos afirmou que o episódio envolvendo McGregor foi um dos fatores que fez a franquia mudar o local de sua luta contra Covington. Além disso, o brasileiro não escondeu a frustração de não poder lutar em seu país, mais especificamente no Rio de Janeiro, cidade onde nasceu e não luta há 10 anos, desde julho de 2018.

    “Eu acho que sim, acredito que o que aconteceu com o Conor McGregor recentemente agravou essa situação. Caíram três lutas do card (do UFC 223), e se os seguranças tiveram aquele trabalho todo para segurar um cara, imagina a torcida brasileira revoltada com as besteiras que esse cara (Colby) anda falando. Eu fiquei bem chateado, sim, não escondo isso… Estava fazendo vários planos, tem 10 anos que eu não luto no Rio de Janeiro, ia ser ótimo estar voltando e ter a oportunidade de conquistar o cinturão na minha casa, ia ser algo único. Mas, infelizmente, esse tipo de coisa eu não controlo. O lugar não vai mudar o resultado da luta, mas realmente, eu queria muito ter feito essa luta no Rio, mas não foi dessa vez”, lamentou Rafael, que ainda declarou que os lutadores estão “passando do ponto” na questão das provocações em busca de uma melhor promoção de suas lutas.

    “Eu acho que tem coisas que passam dos limites… Falar da família, xingar as pessoas dentro do próprio país delas. Eu acho que se um brasileiro ou uma pessoa de um outro país viesse para os Estados Unidos e fizesse isso aqui (nos EUA), daria um problema muito sério também. O cara insultou os brasileiros, falou um monte de besteira, mas é isso… Infelizmente, alguns lutadores partem para essa linha. Eu acho que não é algo certo, não é o caminho correto, mas tudo tem um limite. A promoção da luta é algo diferente de ofender a família, falar da vida pessoal do cara, eu acho que isso foge totalmente da linha. A galera está perdendo totalmente o limite. Eu sou do Jiu-Jitsu, é a minha base, é o que fiz a minha vida inteira, e o que eu aprendi muito com o Jiu-Jitsu foi isso: respeito, disciplina e hierarquia. Mas eu acho que essa galera da nova geração está indo para um caminho diferente, infelizmente é o que está acontecendo”, analisou o lutador brasileiro.

    Woodley na mira

    Campeão linear dos meio-médios, Tyron Woodley não luta desde julho do ano passado, quando derrotou Demian Maia, e recentemente fez uma cirurgia por conta de uma lesão. Em meio a incertezas, um retorno do americano já foi cogitado para o meio do ano, mas acredita-se que o lutador só tenha reais condições de atuar no final de 2018. Aguardando um duelo com Woodley desde que derrotou Roobie Lawler em sua última apresentação, Dos Anjos comentou sobre a indecisão a respeito do futuro de Tyron na categoria.

    “A verdade é que eu já estava esperando lutar com o Tyron Woodley agora, mas foi dito a mim que ele só lutaria em novembro/dezembro, e eu não poderia ficar tanto tempo sem lutar. Ele estava naquela de escolher luta, esperar a boa para pegar o ‘money fight’, e não rolou. Ele já tentou lutar com o Nate Diaz, Georges St-Pierre, Michael Bisping e Conor McGregor e nenhuma dessas rolou. Ele resolveu fazer cirurgia seis meses depois de se machucar, falou que só lutaria em dezembro, e agora está falando que lutaria em junho/julho, ou seja, cada hora ele fala uma coisa, então o UFC decidiu botar esse cinturão interino. Se ele quer esperar, meu plano é lutar com ele, mas agora eu vou lutar com o Colby Covington e acredito que, na sequência, eu enfrento ele”, concluiu Dos Anjos.

    13 COMENTÁRIOS

    1. Esse Colby Covington é um bosta que se acha o cara, só faz lutas chatas e pensa que é um Mcgregor da vida, é outro Khabib que não nocauteia ninguém e só ganha nos pontos com luta amarrada e o regulamento de baixo do braço. Nunca vi disso, querem ser campeões e lendas do esporte só ganhando por decisão dos árbitros…

      • MARCELO …

        MAIS UMA VEZ VC DEFECANDO PELOS DEDOS !!!!!

        VITÓRIA É VITÓRIA …. EXISTEM DIVERSOS ESTILOS DE LUTADORES E CADA UM COM SUAS TÉCNICAS E ESPECIALIDADES …. QUER VER DOIS STRIKERS LUTANDO ?

        ASSISTA OUTRAS MODALIDADES DE LUTAS !!!!!

        PQ ESSA TESE SUA, QUE APENAS OS QUE NOUCATEIAM SÃO VERDADEIRAS LENDAS E MERECEDORES É MUITO FRACA !!!! DIGNO DE UM LEIGO !!!!

    2. E voce mais uma vez se metendo e dizendo o que uma criança imatura sabe. Claro que existem várias especialidades e técnicas de lutas, até que você não é tão burro além de protetor e puxa saco do khabib mas é um fã nutella hahahaha..
      Não é um fã raiz, que gosta de nocaute e espetáculos, é isso que me refiro. Que lutem como gladiadores com show ou perdendo com dignidade, dentro das regras obviamente!! Que se arrisquem e não sejam cagões! Esse negócio de ponto por ponto e regulamento em baixo do braço não vende luta e não atrai os verdadeiros torcedores que realmente entendem de luta, que não é o seu caso é claro. Haha
      Guarde seus comentários pra voce mesmo e diexa aqui pra quem entende de luta.
      E da próxima vez que vier com ofensas vou começar a esculachar vc de novo!

      • “Artes Marciais Mistas” O PROPRIO NOME FALA POR SI SÓ !!!!!

        QUAL SERIA O MOTIVO DESSA MODALIDADE DE LUTA, SE UM GRAPPLING TROCAR DE IGUAL COM EDSON BARBOSA EX ….

        NUMA BOA, NÃO TEM LÓGICA SEU COMENTÁRIO !!!!!

        QUEM NÃO FICA ANSIOSO PRA ASSISTIR UMA LUTA DO DEMIAN, JUSTAMENTE PQ TODO MUNDO QUER VER ELE AMASSAR E PEGAR !!! COM SUA TÉCNICA DE JIU-JITSU ….

        ESSE É O PROPOSITO DO UFC, DESDE QUANDO FOI CRIADO !!! TESTAR LUTADORES DE DIVERSAS MODALIDADES EM COMBATE !!!!

        NÃO VAMOS SER PRIVILEGIADOS COM LUTAS SANGRENTAS COM PURA TROCAÇÃO SEMPRE !!!!!!

    3. concordo com leandro Tigre o esporte aqui é MMA e não K1, não importa a forma de ganhar as lutas e sim a estratégia posta em prática nas lutas.

    4. Blz isso aí! Falou com objetividade e respeito.
      Tá vendo, ninguém precisa ofender ninguém aqui pra dar sua opinião. Sem revoltas e sem ofensas.

    5. Marcelo.
      Vc que é um Nutela seu imbecil.
      Aldo ficou quantas lutas sem nocautear e finalizar ninguém?
      Chad Mendes 2
      Ricardo Lamas
      Frank Edgar duas vezes
      Zumbi coreano lesionou o ombro
      Jon Jones?
      Tirando o nocaute contra o DC , que deu no contest a mesma coisa.
      Cara, vai assitir shoto, Max fight, lá tem porrada e finalização.
      Nesse nível de atleta tá achando que é fácil terminar a luta?
      Seu jumento

      • hahaha o amigo puxa saco, deve ser o comedor dele. Ele pediu pra dar uma força fala a verdade! Dois viados hahaha
        Esses homossexuais são uma figura kkk
        Gays unidos jamais serão vencidos haha

    6. Estratégia?
      Khabib Nurmagomedov lutou em pé, no chão, sempre falta uma fagulha para ele terminar a luta.
      Colbie concordo que as lutas são chatas.
      Mas o khabib é brincadeira falar isso.

    7. Cala a boca seu merda vira casa torcedor de gringo!!!
      Se o José Aldo tivesse no topo você iria beijar seus pés como faz com americano né o vendido! É torcedor de momento e de quem está no topo, não respeita quem já fez história.
      Só falta agora torcer pro Colby Covington seu fdp!!!!

    8. Desculpem aos demais mas esse LEANDRO TIGRE se trata da mesma pessoa se passando por outros usuários pra esculhambar a parada, é um rebelde inconformado.
      Comprovei por outras postagens e outros sites. Nem vale a pena discutir.

    9. HAHAHHAHAA

      LEIGO LEIGO … E SUAS TEORIAS DE CONSPIRAÇÃO …

      SÓ PQ SEU PONTO DE VISTA É UMA PIADA !

      AEH VC FICA FABRICANDO ESSAS IDÉIAS ABSURDAS !!!! HAHAHAHHA

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome