Lee atropela Barboza, e brasileiros são derrotados no UFC Atlantic City; saiba

    Kevin Lee venceu e pediu uma chance de enfrentar Khabib Nurmagomedov, atual campeão dos leves (Foto reprodução)

    Não faltou coração para Edson Barboza, mas sim uma melhor defesa de quedas. Diante de Kevin Lee, na luta principal do UFC Fight Night 128, realizado neste sábado (21), em Nova Jersey, nos Estados Unidos, o brasileiro foi facilmente dominado no chão e recebeu um verdadeiro castigo do americano, declarado vencedor por nocaute técnico no quinto round. No co-main event, Frankie Edgar se recuperou ao derrotar Cub Swanson.

    O revés de Edson ainda serviu para confirmar a péssima noite para o Brasil, com Thiago Marreta e Luan Chagas também saindo derrotados, por David Branch e Siyar Bahadurzada, respectivamente. No fim, o saldo brasileiro acabou sendo de três resultados negativos.

    Lee dá aula de controle para Barboza

    Pelo visto, a derrota para Khabib Nurmagomedov em sua última luta não serviu de lição para Edson Barboza, e ao mesmo tempo funcionou como uma “aula” do que fazer contra o brasileiro para Kevin Lee. No main event em Atlantic City, Lee dominou todos os rounds contra o lutador de Nova Friburgo, que sofreu no ground and pound brutal do americano.

    O único momento favorável ao brasileiro no combate aconteceu no terceiro round, quando Edson acertou um belo chute alto que desmontou Lee. Porém, sem forças, ele não teve pressão para apertar o ritmo e definir o duelo. O americano, então, se recuperou e voltou a castigar Barboza no chão. Já no último assalto, com o olho esquerdo bastante danificado, Edson deixou o seu protetor bucal cair. Com a interrupção do árbitro, Barboza foi examinado pelos médicos, que o interromperam de voltar para o combate. Sendo assim, só restou ao árbitro declarar a vitória por nocaute técnico do “The Motown Phenom”.

    Com o resultado, Edson acumula duas derrotas seguidas na divisão dos leves. Lee, por sua vez, volta a vencer e se recupera do revés para Ferguson. Em entrevista após a luta ainda no octógono, o americano pediu uma chance contra Khabib, atual campeão da divisão.

    Edgar domina e derrota Swanson

    Pelo co-main event, Frankie Edgar e Cub Swanson protagonizaram um animado duelo pela divisão dos penas. Com ambos vindo de derrota, Edgar tomou a iniciativa e partiu para a trocação. Com o Boxe afiado, o americano conectava golpes e ia castigando Swanson, mas sem a efetividade para nocautear o compatriota. O segundo round seguiu como o primeiro, com “The Answer” tomando a iniciativa diante de Cub, que tentava buscar o contra-ataque.

    No último assalto, a mesma tônica. E apesar de certa pressão de Swanson no fim, Edgar soube conter o ímpeto do seu adversário e controlar para vencer por decisão unânime. Com o resultado, ele se recupera do revés para Ortega e se recoloca no topo dos penas.

    Vitória sobre Swanson recolocou Frankie Edgar na rota pelo cinturão dos penas (Foto reprodução Instagram UFC)

    Nas outras lutas do card principal, além do triunfo de Branch sobre Marreta, destaque para o belo nocaute de Dan Hooker sobre o experiente Jim Miller, com uma joelhada certeira, no primeiro round do confronto. Aljamain Sterling e Justin Willis também venceram os seus desafios, sobre Brett Johns e Chase Sherman, ambos por decisão unânime dos jurados.

    Branch freia bom momento de Marreta

    Nocauteador nato, Thiago Marreta sofreu com um cruzado de direita em Atlantic City. Diante de David Branch, o brasileiro poderia conquistar sua quinta vitória consecutiva na divisão dos médios, todas por nocaute técnico, porém, o “feitiço virou contra o feiticeiro”, e com um soco certeiro, o americano mandou Marreta à lona ainda no primeiro round.

    Thiago Marreta foi surpreendido por Branch e provou do seu próprio veneno: o nocaute (Foto Getty Images / UFC)

    Com o resultado, Branch se recuperou da derrota para o ex-campeão Luke Rockhold, em setembro do ano passado, e chegou ao seu 22º triunfo como lutador profissional. Perguntado sobre quem deseja enfrentar em seguida, o lutador brincou com o público. “Meu treinador de Boxe. Venha cá, você é o próximo no octógono”, soltou Branch aos risos.

    Luan perde e vive situação delicada

    Luan Chagas começou o duelo diante de Siyar Bahadurzada em ritmo lento, mas após sofrer uma pressão do afegão, “acordou”. Embaixo e sofrendo, o brasileiro conseguiu uma linda transição e passou grande parte do primeiro round buscando a finalização, melhor, mas sem sucesso. No assalto seguinte, porém, um chute certeiro de Bahadurzada no estômago de Luan e deu números finais à luta. A vitória foi a terceira consecutiva de Siyar.

    O brasileiro, por sua vez, chega ao término do contrato com a organização tendo obtido dois reveses, uma vitória e um “No Contest”, e agora aguarda pela definição do seu futuro.

    Abrindo a noite de derrotas brasileiras, Luan Chagas foi superado por Siyar Bahadurzada (Foto Getty Images / UFC)

    Pelo card preliminar, além da grande vitória de Siyar Bahadurzada, destaque também para o “polêmico” triunfo de Ricky Simon sobre Merab Dvalishvili, por nocaute técnico, já ao fim do confronto. Com uma guilhotina encaixada, Simon apertou durante quase um minuto o pescoço de Dvalishvili, que resistiu e debatia as pernas para mostrar que estava acordado.

    Ao término do acirrado combate, entretanto, enquanto todos esperavam que o resultado fosse para a decisão dos jurados, o árbitro central, após consultar a equipe médica, decidiu por declarar vitória por nocaute técnico para Ricky Simon, que estreia com triunfo no UFC.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    UFC Fight Night 128
    Atlantic City, em Nova Jersey (EUA)
    Sábado, 21 de abril de 2018

    Card principal
    Kevin Lee derrotou Edson Barboza por nocaute técnico no 5R
    Frankie Edgar derrotou Cub Swanson por decisão unânime dos jurados
    Justin Willis derrotou Chase Sherman por decisão unânime dos jurados
    David Branch derrotou Thiago Marreta por nocaute no 1R
    Aljamain Sterling derrotou Brett Johns por decisão unânime dos jurados
    Dan Hooker derrotou Jim Miller por nocaute no 1R

    Card preliminar
    Ryan LaFlare derrotou Alex Garcia por decisão unânime dos jurados
    Ricky Simon derrotou Merab Dvalishvili por nocaute técnico no 3R
    Siyar Bahadurzada derrotou Luan Chagas por nocaute no 2R
    Corey Anderson derrotou Patrick Cummins por decisão unânime dos jurados
    Tony Martin derrotou Keita Nakamura por decisão unânime dos jurados

    15 COMENTÁRIOS

    1. Lee é um lutador incrivel.

      É uma pena que nao ganhe nenhum merito
      no brasil. Ja tem um montao de brasileiro
      dizendo que foi uma luta comprada
      so para tirar o merito do americano.

      Parabens, Lee! Lutou muito!

    2. Quem falar que foi comprada, não sabe nada de luta. O Barbosa quase nocauteou. O problema maior não é a falta de defesa de queda e sim de Jiu-jitsu, pois além de quase não saber fazer nada, se estivesse com boa defesa, mais caísse, estaria ferrado, tem qu ser completo.

    3. Outra noite pra Barbosa esquecer, lembrar apenas em treinar bastante as defesas de quedas. É um puta Striker, mas de costas no chão é um peixe fora d’água.

    4. O khalib só venceu lutadores medianos por toda a carreira e mesmo assim nos pontos sendo incapaz de nocautear, prova disso é esse cabeça de bagre do Edson Barbosa, tem coração e muay tay, só isso. Tem uns revoltados e umas duas bixas de merda no forum que tem “piti” e vivem sendo do contra, um desses viados vou comentar logo em seguida pq tenho certeza que ele vai se manifestar e fazer um escândalo como de costume pq é apaixonado pelo russo e não vai se segurar e vai querer proteger seu macho. Quando o khalib enfrentar um capitão legítimo também será dominado e nocauteado pq só tem quedas… só isso, outro lutador limitado… anotem e aguardem… Não tem chances contra um Hallooway ou muito mesmo McGregor ou menos ainda o Woodley ou GSP. Daqui a pouco vai querer enfrentar o Jon Jones ou Miocic alegando ser o melhor de todos pesos por pesos como alguns retardados fanáticos acham haha piada!!!

    5. ALGUNS ANOS ATRÁS TIVE O PRIVILÉGIO DE VER ESSE RAPAZ LUTAR, NAQUELE TEMPO JÁ ERA MUITO FACIL SABER QUE ELE SE TORNARIA UM DOS GRANDES NOMES DO MMA NACIONAL…

      (Demolition VI – Edson Jr. vs. San Martino – Final GP) O EVENTO EM QUESTÃO FOI ESSE, LUTOU COM UMA FERA DA ÉPOCA !!!!! TADEU SAN MARTINO MUITOS AQUI NUNCA NEM OUVIRAM FALAR E SE CONSIDERAM ESPECIALISTAS NO ASSUNTO, MAS ENFIM…

      O BARBOZA PRECISA FAZER ESSE AJUSTE NO JOGO DELE, TREINAR MUITO SPRAWL E NÃO TENHO DUVIDA QUE ELE TREINAR MUITO ISSO, MAS PELAS ULTIMAS LUTAS PERCEBEMOS QUE NÃO ESTÁ SENDO O SUFICIENTE. EU ACREDITO QUE ELE VAI LONGE AINDA, MUTO CORAÇÃO E UM CARA DIFERENCIADO DMAIS NA LUTA EM PÉ !!!!

      AQUELE WHITTAKER ELE TEM UMA DEFESA DE QUEDA EM DIA E ISSO FRUSTRA DMAIS OS ADVERSÁRIOS QUE NÃO SEGURAM NA MÃO !!! BARBOSA PRECISA SEGUIR ESSA LINHA ….

      VAMOS BARBOZA !!! LEVANTA A CABEÇA E VAMOS PRA CIMA !!!!!

    6. Khalib?????
      Não conheço.
      Verdade, Rafael dos anjos que ele passeou é mediano mesmo.
      Al iaquinta que já ganhou do Kevin tb é ruim.
      Esse cara é uma besta.
      Deve ter sido comido e largado por algum russo.

    7. nesses últimos dez anos o mma do Brasil está em decadencia …….o negocio ta feio…..o edson barbosa na trocação é expecional…mais sua tecnica de defesa anti-queda…o wrestler é fraco….acho que os americanos … russos levam vantagem nessa parte…

    8. O Lee dançou a dança do criolo doido. Uma pena que o Edson Barbosa, naquele momento, deveria ter recuado, esperado o Lee cair no chão para então chutar, ou cair por cima do Lee e mete a porrada, porque o Lee tava mortinho. Mas, aí o Barbosa foi servir de apoio pro Lee, que é um wrestler, foi a tábua de salvação para o Lee, que se agarrou na tábua e não largou até se recuperar. Outra coisa, o Barbosa e seu técnico são estranhos, porque como vão aceitar uma luta contra o Lee, um wrestler, sendo que o Barbosa havia acabado de perder pro Khabid, outro wrestler? Cara, tem que por a cabeça pra funcionar, você perdeu pra um wrestler, você não vai lutar novamente contra um wrestler, em um curto espaço de tempo. Você tem que se aprimorar no wrestler, para depois de algum tempo, quando você estiver bem preparado voltar a enfrentar um wrestler. Isso vale para os outros estilos também, o cara é nocauteado por um striker, aí vai e aceita a luta seguinte contra outro striker, é pedir pra ser nocauteado novamente.

    9. CONCORDO COM VC EM RELAÇÃO AO MARRETA !!! CONFESSO QUE NÃO CONFIO NELE, ELE TEM TODO POTENCIAL PARA CHEGAR LÁ !!!! MAS PRECISA MELHORAR ESSE QUEIXO E LUTAR COM MAIS INTELIGÊNCIA, PRECISA SE ACOSTUMAR A LUTAR COM ESTRATÉGIA…

      PODE REPARAR QUE ESSA LUTA ELE TENTOU SEGUIR UMA ESTRATÉGIA, MAS O ESTILO DE LUTA DELE É AQUELE BRIGA DE RUA VAI PRA SAIR NA MÃO MESMO !!!!

      ENFIM DESDE DA DERROTA DELE PARA O MOUSSASI, SOU CABREIRO COM ELE !!!!

    10. LEIGOS….. FOI ASSIM QUE WEIDMAN ACABOU COM A CARREIRA DE SPIDER….. MAL DE BRASILEIRO MESMO…. NÃO TREINA PESADO DEFESA DE QUEDAS….. BRASILEIRO DEVIA LUTAR APENAS BOXE OU MUAY THAI …BARBOSA SERIA CAMPEÃO DO K1 …… MAS ESTAMOS FALANDO DE UFC …. O MAIOR EVENTO DE LUTAS DO MUNDO E ALI NO TOP 10 ESTÃO OS MELHORES ….. SE NÃO FOR COMPLETO EM TUDO NÃO CHEGA NA CINTA …… BARBOSA FOI DERRUBADO IGUAL IUMA CRIANCINHA , FÁCIL…FÁCIL…. ATÉ DEMIAN MAIA SENDO MEDIANO DESTRUIRIA BARBOSA….FALANDO DE KHABIB SOMENTE UM HOMEM DO PLANETA É CAPAZ DE DESTRURI KHABIB É O REI NOTÓRIOS O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS….. OZZZZZZZZZZZZ

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome