Circuito Brasileiro de MMA tem noite histórica com 50 lutas, amadoras e profissionais, em São Paulo; confira

Publicado em 18/04/2018 por: Diogo Santarém
Circuito Brasileiro de MMA tem noite histórica com 50 lutas, amadoras e profissionais, em São Paulo; confira Com atletas devidamente equipados, MMA amador contou com disputas empolgantes para os fãs (Foto divulgação)

publicidade

O Circuito Brasileiro de MMA – Amador e Profissional – realizou, no último sábado (14), a sua terceira edição, no colégio Concórdia, localizado no bairro do Campo Limpo, em São Paulo. Com casa cheia e uma ótima estrutura, a CBMMAA realizou em um só dia 50 combates. Ao todo foram 19 lutas de MMA profissional, 16 duelos de MMA amador e cinco combates de K-1, que tiveram início às 11h (de Brasília) com o término à meia-noite.

Na luta principal do evento, Wanderley Mexicano levou o público ao delírio ao aplicar um belo nocaute no duríssimo Duda Sales aos dois minutos do primeiro round. Com a vitória, Mexicano aumentou seu cartel profissional para sete vitórias e apenas uma derrota.

Outro destaque foi a luta entre dois mestres, onde o faixa-preta de Jiu-Jitsu Clayton Monteiro, líder da equipe Iron Brothers, venceu o também faixa-preta Rodrigo Mendes, da equipe Gold Team, por decisão unânime dos jurados, após uma animada disputa.

O Circuito também apresentou grandes lutas no MMA Amador, com muitos nocautes e finalizações. Destaque para o peso-meio-pesado Vitor de Paulo, que alcançou sua 12ª vitória no amador ao finalizar Bruno Souza com uma guilhotina no primeiro round do confronto. Outro nome que se sobressaiu foi o da atleta Gabriela Almeida, que venceu por decisão unânime a experiente atleta de Muay Thai Dayane Cristine em embate feminino.

No profissional, Wanderley Mexicano venceu Duda Sales por nocaute na luta principal da noite (Foto divulgação)

RESULTADOS:

CBMMAA – Circuito Brasileiro de MMA
Colégio Concórdia, em Campo Limpo (SP)

Sábado, 14 de abril de 2018

MMA profissional
Wanderley da Silva Mexicano venceu Duda Sales por nocaute no 1R
Antonio Cesar venceu Martin Farley por decisão dividida dos jurados
Clayton Monteiro venceu Rodrigo Mendes por decisão unânime dos jurados
Leandro Caveirão venceu Uelinton dos Santos por nocaute técnico no 2R
Emerson Santos venceu Marcos Aurélio Marcão por decisão unânime dos jurados
Alexandre Silva venceu Paulo César PC por nocaute no 2R
Artur Leandro venceu Isaque Silva por finalização com armlock no 1R
Antonio Rodrigues venceu Douglas Papi por finalização com guilhotina no 1R
José Marcio venceu Cleberson Pitbull Melo por nocaute no 1R
Marceu Passin venceu Rafael Prado por finalização com mata-leão no 1R
Renne Villegas venceu Marcos Rodrigues por finalização com mata-leão no 1R
Marcos Gladiador Silva venceu Andrine Dalla por decisão unânime dos jurados
Edinho Silva venceu Rafael Maritaca por decisão unânime dos jurados
Adriano Barbosa Nasa venceu Deja Moura por nocaute no 1R
Max Mato Grosso venceu Lula Guerreiro por finalização com armlock no 1R
Wellinton Prado venceu Thales Morais por finalização no 2R
Lucas Barreto venceu Demerson Santos por decisão unânime dos jurados
Augusto Nunes venceu Leonardo Moraes por nocaute no 2R
Roberto Balboa venceu Adriano Urso por decisão unânime dos jurados

MMA amador
Victor de Paula venceu Bruno Souza por finalização com guilhotina no 1R
Alan Ribeiro venceu Vinicius Henrique por nocaute técnico no 1R
Romildo Araujo venceu Cleber Danilo por decisão unânime dos jurados
Alex de Jesus venceu Fagner Tadeu por finalização no 2R
Erick Cristian venceu Alisson Batista por decisão unânime dos jurados
Gustavo Tadeu venceu Clayton Oliveira por nocaute técnico no 1R
Reginaldo Gomes venceu Leandro Castro por decisão unânime dos jurados
Pedro Cristiano venceu Bruno Nascimento no 2R
Michel Perniciotti venceu Junior Oliveira por finalização com guilhotina no 1R
Luiz Otávio venceu Pedro Elias por decisão dividida dos jurados
Hélio Nunes venceu Osmar Medeiros por decisão dividida dos jurados
Carlos Eduardo venceu por finalização com mata leão no 2R
Alexandre Fernandes venceu Kaio Nascimento por interrupção médica no 1R
Gilmar Soares venceu Renato Aparecido por finalização com mata-leão no 1R
Bianca Martins venceu Alana Veronese por finalização com armlock no 1R
Gabriela Almeida venceu Dayane Cristine por decisão unânime dos jurados

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade