Saggioro, Negromonte e Alexander Trans brilham no ‘King of Mats’ da UAEJJF; leia

por: TATAME | @tatameofficial
Publicado em 24/04/2018
Saggioro, Negromonte e Alexander Trans brilham no ‘King of Mats’ da UAEJJF; leia Alexander Trans finalizou Cyborg e fechou sua campanha perfeita com o ouro peso-pesado (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

publicidade

Por Diogo Santarém

Principal novidade da UAEJJF para o Abu Dhabi World Pro 2018, edição que marca o aniversário de 10 anos do evento, o “King of Mats” agitou os tatames nesta terça-feira (24), com 24 campeões ou ex-campeões do World Pro e do Grand Slam em ação.

As categorias de peso foram divididas em três: peso-leve (até 69kg), peso-médio (até 85kg) e peso-pesado (até 110kg), e depois de grandes confrontos, os campeões foram definidos. Entre os leves, Leonardo Saggioro surpreendeu e, após bela campanha, desbancou o americano Gianni Grippo na final para ficar com a medalha de ouro. O brasileiro venceu na decisão dos árbitros após a luta terminar sem pontos ou vantagens.

Após luta muito disputada, brasileiro Leonardo Saggioro derrotou Grippo para levar o título (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

No peso-médio, apesar do favoritismo de André Galvão, quem abocanhou o título foi Charles Negromonte Santos. Na decisão, o faixa-preta de Roger Gracie superou Jaime Canuto por 1 a 0 nas vantagens, após duelo muito disputado. Charles começou puxando para a guarda enquanto Canuto buscava espaço para atacar, mas sem efetividade de nenhum dos lados. Faltando poucos segundos para o relógio parar, Charles imprimiu pressão e marcou sua vantagem, consolidando o prêmio de US$ 30 mil para o campeão.

Por fim, no peso-pesado, Alexander Trans foi o grande nome. Após derrotar todos os adversários na fase classificatória, o dinamarquês encontrou o casca-grossa Roberto Cyborg na finalíssima, e também não deu chances para o brasileiro. Com um Jiu-Jitsu afiado, Trans resistiu à pressão inicial de Cyborg e aguardou o gás do brasileiro terminar. Então, se aproveitou da chance para pegar as costas e ajustar um belo estrangulamento.

Charles Negromonte mostrou que está com o gás em dia para brilhar no peso-médio (Foto GentleArtMedia / UAEJJF)

Além dos nomes já citados, outros que merecem destaque por suas atuações são Renato Canuto (Zenith), Celsinho Venicius (X Coach), Thiago Marques (Commando Group), Isaque Paiva (Saikoo), Roberto Satoshi (Bonsai) e Tanner Rice (Soul Fighters). Vale lembrar ainda que a UAEJJF distribuiu mais de US$ 200 mil em premiação no “King of Mats”, com 30 mil para o primeiro, 10 mil para o segundo, 5 mil para o terceiro, além de 5 mil para a melhor finalização e 5 mil para a melhor luta (por atleta) de cada uma das três categorias.

Confira os resultados abaixo:

– Peso-leve

Celsinho Venicius derrotou Gianni Grippo por 1 a 0 nas vantagens
José Carlos Cocó derrotou Samuel Canquerino na decisão dos árbitros
Thiago Marques derrotou Tiago Bravo por 4 a 2 nos pontos
Isaque Paiva derrotou Hiago George por 4 a 0 nos pontos
Celsinho Venicius derrotou Wanki Chae por 1 a 0 nas vantagens
Leonardo Saggioro derrotou Samuel Canquerino por 8 a 0 nos pontos
Gianni Grippo derrotou Tiago Bravo por 2 a 0 nos pontos
Isaque Paiva derrotou José Carlos Cocó por finalização
Leonardo Saggioro derrotou Hiago George na decisão dos árbitros
Isaque Paiva derrotou Samuel Canquerino por 1 a 0 nas vantagens
Celsinho Venicius derrotou Tiago Bravo na decisão dos árbitros
Gianni Grippo derrotou Thiago Marques por 1 a 0 nas vantagens
Hiago George derrotou José Carlos Cocó por 4 a 2 nos pontos
Gianni Grippo derrotou Wanki Chae por 13 a 2 nos pontos
Leonardo Saggioro derrotou José Carlos Cocó por 2 a 0 nas vantagens
Thiago Marques derrotou Celsinho Venicius na decisão dos árbitros
Samuel Canquerino derrotou Hiago George por finalização
Leonardo Saggioro derrotou Isaque Paiva por 2 a 0 nas vantagens
Thiago Marques derrotou Wanki Chae por 2 a 0 nos pontos
Semifinal: Gianni Grippo derrotou Isaque Paiva por 8 a 6 nos pontos
Semifinal: Leonardo Saggioro derrotou Thiago Marques por 1 a 0 nas vantagens
Final: Leonardo Saggioro derrotou Gianni Grippo na decisão dos árbitros

– Peso-médio

André Galvão derrotou Jaime Canuto por 1 a 0 nas vantagens
Alexandre Souza derrotou Lúcio Lagarto Rodrigues por 2 a 0 nos pontos
Renato Canuto derrotou Roberto Satoshi por 2 a 0 nos pontos
Clark Gracie derrotou Tarsis Humphreys na decisão dos árbitros
Charles Negromonte derrotou André Galvão por 2 a 0 nas vantagens
Roberto Satoshi derrotou Tarsis Humphreys por finalização
Renato Canuto derrotou Clark Gracie por finalização
Jaime Canuto derrotou Charles Negromonte por 2 a 0 nos pontos
Roberto Satoshi derrotou Clark Gracie por 2 a 0 nos pontos
Semifinal: Jaime Canuto derrotou Roberto Satoshi por 6 a 0 nos pontos
Semifinal: Charles Negromonte derrotou Renato Canuto na decisão dos árbitros
Final: Charles Negromonte derrotou Jaime Canuto por 1 a 0 nas vantagens

– Peso-pesado

Roberto Cyborg Abreu derrotou André Campos na decisão dos árbitros
Alexander Trans derrotou Tanner Rice por 2 a 0 nos pontos
Tanner Rice derrotou Helton José Junior por 2 a 1 nas vantagens
Roberto Cyborg Abreu derrotou Lúcio Lagarto Rodrigues por 2 a 0 nas vantagens
Alexandre Souza derrotou André Campos por 2 a 0 nos pontos
Alexander Trans derrotou Helton José Junior por 2 a 0 nas vantagens
Roberto Cyborg Abreu derrotou Alexandre Souza por finalização
Semifinal: Alexander Trans derrotou Alexandre Souza por desqualificação médica (lesão)
Semifinal: Roberto Cyborg Abreu derrotou Tanner Rice na decisão dos árbitros
Final: Alexander Trans derrotou Roberto Cyborg Abreu por finalização

Veja também

publicidade

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade