Líder no ranking da UAEJJF na faixa-marrom, Matheus Felipe projeta World Pro: ‘Vou realizar mais um sonho’

Publicado em 25/04/2018 por: Mateus Machado
Líder no ranking da UAEJJF na faixa-marrom, Matheus Felipe projeta World Pro: ‘Vou realizar mais um sonho’ Em grande fase, Matheus Felipe agora buscará o título do World Pro na faixa marrom (Foto reprodução)

publicidade

Por Mateus Machado

Faixa-marrom de destaque no cenário mundial do Jiu-Jitsu, o jovem Matheus Felipe, de apenas 23 anos, está próximo de “fechar um ciclo” na arte suave. Vivendo uma grande fase no esporte, o lutador é número 1 no ranking mundial da UAEJJF na faixa marrom e, nos últimos meses, foi campeão mundial pela IBJJF na divisão pesadíssimo, levando o ouro também nas etapas do Grand Slam da UAEJJF realizadas no Japão, em Los Angeles, Abu Dhabi e Londres, entre outras conquistas em torneios realizados em 2017 e neste ano.

Cada vez mais perto de ser graduado à faixa preta, Matheus entra em ação nos próximos dias, quinta e sexta-feira (26 e 27), no Abu Dhabi World Pro, principal competição do calendário esportivo da UAEJJF e que completa 10 anos em 2018. Em entrevista à TATAME, Matheus falou sobre os momentos mais especiais vividos na faixa marrom, sua evolução constante na arte suave, o processo de transição para a faixa preta, entre outros assuntos.

Confira a entrevista completa com Matheus Felipe:

– Momentos mais especiais na faixa marrom até o momento

Acredito que ter sido campeão mundial na Califórnia (EUA) pouco tempo após ter recebido a faixa marrom e ter conseguido ser o número um do mundo pela UAEJJF foram momentos que me fizeram crescer muito dentro do Jiu-Jitsu, e com certeza muito especiais.

Confira o ranking mundial da UAEJJF na faixa marrom, clicando aqui

– Evolução no Jiu-Jitsu e processo de transição para preta

Acredito que, em cada faixa, eu fui um Matheus diferente. Aprendi muito de uma faixa para outra e nesse momento, na faixa marrom, meus professores Bruno Barreto e Thiago Barreto vêm me orientando da melhor forma para eu ter uma boa transição para a preta. Acredito que, em breve, vou conseguir conquistar os meus objetivos na faixa preta.

– Segredos para se manter em alto nível na temporada

Procuro escutar os mais experientes, as pessoas que já viveram e que vivem o Jiu-Jitsu. Tento tirar todas as lições negativas e positivas para o meu crescimento. Não é fácil enfrentar outros atletas de alto nível, principalmente passando tanto tempo fora de casa, sem ter a real condição de treino e descanso, mas eu sempre procuro ser o mais determinado possível para que as coisas possam dar certo. Acredito que quando se trabalha muito, se conquista na mesma proporção, então é o que eu busco fazer.

– Expectativa para a disputa do Abu Dhabi World Pro

Em meio à tantas dificuldades, graças a Deus, eu consigo manter minha cabeça no lugar e separar as coisas. Eu acredito que fiz a minha parte, deixei tudo nos treinos e estou muito ansioso para pôr em prática. Creio que vou realizar mais um sonho ao entrar em ação.

– Premiação com a liderança no ranking da UAEJJF 

Representa muito, porque era algo que eu almejava e que não conquistei sozinho. Diversas pessoas viveram comigo, umas que já estão comigo há anos e outras que eu nunca pensei em conhecer. A cada campeonato vencido, cada estratégia montada, cada ponto que eu conseguia, era uma vitória e Deus foi muito bom comigo, pois sempre que eu precisava, na hora certa e no lugar certo, eu tinha o suficiente para deixar o meu melhor e sair com a vitória. Com a premiação, eu pretendo ajudar minha família e alguns alunos, investir na minha carreira de atleta e conseguir me preparar bem pra chegar na faixa preta com tudo.

 

– Condições para se viver do Jiu-Jitsu atualmente

Acredito que a falta de investimento e incentivo ao atleta, principalmente no Brasil, é o que faz com que muitos não consigam chegar longe. Se tivéssemos apoio financeiro para que pudéssemos nos manter apenas treinando, a situação seria bem diferente, pois já conseguimos fazer coisas inimagináveis sem dinheiro. Com dinheiro e reconhecimento do nosso trabalho, teríamos muito mais chances de estar em todas as competições grandes.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade