Liberado pela USADA, Cigano encara ex-campeão do WSOF no UFC Boise; confira

    Cigano, que não vence desde abril de 2016, vai entrar em ação em julho em busca da vitória (Foto: Getty Images / UFC)

    Com a absolvição da USADA (Agência de Antidoping dos EUA), após comprovar a contaminação dos suplementos, Junior Cigano tem data para retornar ao octógono. Segundo informações da ESPN, o ex-campeão dos pesados vai encarar Blagoy Ivanov, na luta principal do UFC Boise, nos Estados Unidos, dia 14 de julho.

    USADA libera Cigano, Minotouro e Pezão após comprovar contaminação; entenda

    A última exibição do brasileiro foi no UFC 211, quando desafiou o campeão Stipe Miocic e perdeu por nocaute técnico no primeiro round. Cigano registra um cartel de 18 vitórias e apenas cinco derrotas, sendo o último triunfo diante de Ben Rothwell, em abril de 2016.

    Com passagens pelo Bellator e WSOF – organização que conquistou o cinturão dos pesados -, Ivanov vai realizar sua estreia no UFC. O búlgaro tem um cartel de 16 vitórias, uma derrota e um “No Contest”. O revés sofrido foi para Alexander Volkov, em 2014.

    Duelo é remarcado para UFC 226

    Michael Chiesa usou as redes sociais para anunciar a nova data do confronto com Anthony Pettis. O embate, que iria acontecer no UFC 223, no Brooklyn (EUA), vai ser realizado na edição 226, em Las Vegas (EUA). Após o ataque de Conor McGregor ao ônibus que levava os lutadores para o Media Day, Chiesa ficou ferido e precisou deixar o card.

    Final do TUF 27 é confirmada

    Confirmado pelo Ultimate, Brad Tavares e Israel Adesanya vão medir forças na luta principal do TUF Finale 27, dia 6 de julho. O evento faz parte da International Fight Week, em Las Vegas (EUA). Os dois lutadores estão em ascensão no Ultimate. As finais do reality show, na categoria dos penas e leves, ainda serão conhecidas.

    2 COMENTÁRIOS

    1. O cigano parece que não aguenta mais pancada na cabeça, sério mesmo, acho que ele não tem mais condições de lutar no MMA. Claro que isso depende dele, ele que vai saber a hora de parar. O que posso dizer é que se o lutador não aguenta mais levar pancada na cabeça, é melhor parar, porque não adianta estar bem treinado e etc. O caso do cigano tem mais um agravante, ele não evoluiu, só ficou no boxe, e seu boxe está muito manjado e ruim. Tomara que eu esteja errado. Torço para o cigano, tomara que ele tenha mudado radicalmente.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome