Em busca do Top 15 de sua categoria, Serginho Moraes espera lutar em junho: ‘Quero alguém bem ranqueado’

    Serginho Moraes vem de vitória sobre Tim Means no UFC Belém, em fevereiro (Foto: UFC)

    O paulista Serginho Moraes, uma das revelações da primeira temporada do TUF Brasil, estreou no UFC em 2011. Desde que debutou na organização, fez dez lutas e conquistou sete vitórias, a última delas em fevereiro, quando derrotou Tim Means em duelo duríssimo realizado no UFC Belém. O faixa-preta de Jiu-Jitsu já estava de olho em uma vaga no card do Rio ou do UFC Chile, mas acabou não sendo escalado para lutar nesses eventos. Agora, o tricampeão mundial de Jiu-Jitsu faz planos lutar em junho, e quer alguém bem ranqueado para ingressar no top 15 da categoria meio-médio.

    “Pretendia voltar a lutar antes de junho, mas tanto o card do Rio quanto do Chile já estavam completos, aí dei uma diminuída no meu ritmo de treino de MMA e aproveitei para focar mais nos treinos de Jiu-Jitsu. Mas junho seria uma ótima data para voltar a lutar”, avaliou Serginho, que destacou o seu retrospecto no UFC.

    “Eu tenho um bom recorde dentro do UFC. Foram 10 lutas, com sete vitórias, um empate e apenas duas derrotas. Acho que mereço estar ali entre os top 15 da categoria e enfrentar alguém bem ranqueado. Claro que quero entrar no ranking, mas não me coloco essa pressão. Para mim, o mais importante é continuar buscando as vitórias e, assim, as coisas vão acontecer naturalmente”, concluiu.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome