Bad Boy ‘salva’ o Brasil no ACB, irmão de Fedor vence Napão e Rizin FF tem show

    Americano Daron Cruickshank brilhou no Rizin FF 10 ao nocautear com um lindo chute alto (Foto divulgação Rizin FF)

    O fim de semana foi agitado no mundo do MMA. No sábado (5), em Moscou, na Rússia, aconteceu o ACB MMA 86. Ao todo, três brasileiros entraram em ação, mas apenas Ciro Bad Boy saiu vitorioso. O lutador da Kimura venceu Beslan Isaev com uma cotovelada no segundo round, que fez o adversário desmoronar. Toninho Fúria e Dênis Alagoas foram superados por Ali Bagov e Abdul-Rakhman, respectivamente, ambos por nocaute técnico.

    O ACB 86 ainda contou com três disputas de cinturão. Dovletdzhan Yagshimuradov derrotou Batraz Agnaev e levou o título dos meio-pesados. Já Askar Askarov teve sucesso e defendeu o posto de campeão dos moscas contra o desafiante Rasul Albaskhanov. Nos penas, aconteceu a unificação do cinturão. Yusup Raisov, o então campeão interino, finalizou Marat Balaev e garantiu o título absoluto da categoria em grande estilo.

    Irmão de Fedor derrota Napão

    Ainda na Rússia, mas na cidade de Ecaterimburgo, aconteceu a segunda edição do RCC (Russian Cagefighting Championship). Na luta principal, Aleksander Emelianenko, irmão de Fedor e também peso-pesado, venceu o brasileiro Gabriel Napão, ex-UFC, por nocaute técnico, no segundo round. O russo deixou a prisão há pouco após ser acusado de estupro.

    Ainda no evento, o experiente Gerônimo Mondragon ficou no empate com Ivan “Hulk” Shtyrkov. O baiano tem 61 lutas no cartel, com 40 vitórias, 20 derrotas e agora o primeiro empate. Reginaldo Vieira, ex-UFC, perdeu para Denis Lavrentyev na decisão unânime dos jurados, assim como Wallyson Maguila, que não foi páreo para Mikhail Ragozin.

    Rizin FF 10 é marcado por nocautes

    Além do nocaute sofrido por Ian McCall, ex-Ultimate, em menos de nove segundos, outros momentos como este marcaram o Rizin FF 10, realizado no domingo (6), em Fukuoka, no Japão. Daron Cruickshank nocauteou Koshi Matsumoto com um incrível chute alto e, na sequência, ainda fez um gesto obsceno para o adversário. Por lá, outros dois brasileiros subiram ao ringue: Diego Nunes, também ex-UFC, perdeu para Yusuke Yachi por decisão dividida. Já Ricardo Alemão foi superado pelo Ante Delija na decisão unânime.

    Tenshin Nasukawa, de apenas 19 anos, que está começando sua trajetória no MMA, teve uma excelente vitória no Kickboxing. Em uma superluta especial, a promessa japonesa venceu com uma combinação de jab e direto, no entanto, ainda no primeiro round, deu um espetacular chute rodado com o calcanhar que levou Yusaku Nakamura ao knockdown.

    Lesão grave assusta no LFA 39

    Na sexta-feira (4), no Colorado (EUA), pelo LFA 39, Jerome Rivera foi se apoiar na grade após um golpe de Brandon Royal e quebrou braço. O lutador, ao reparar a situação, saiu correndo até o árbitro para ele interromper o confronto, mas ainda levou alguns golpes. O Brasil, por sua vez, foi representado por Christiano Frohlich, que perdeu por decisão para Hayward Charles, e Gabriel Checco, que sobreviveu ao ataque terrorista em Las Vegas (EUA) e foi nocauteado por Ian Heinisch, em confronto pelo cinturão interino dos médios.

    Obs: imagens fortes

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome