Cris Cyborg planeja superluta no Boxe em 2019 e desafia dinamarquesa campeã mundial: ‘Seria perfeito’

    Cris quer fazer uma luta no Boxe antes de encerrar a carreira dentro das artes marciais (Foto Getty Images / UFC)

    Atual campeã peso-pena, Cris Cyborg tem objetivos fora do UFC. A brasileira sempre tornou público o desejo de lutar na nobre arte e vê a dinamarquesa Cecilia Braekhus, dona de quatro cinturões no peso-meio-médio em organizações de Boxe, como “o desafio”. Em entrevista ao Yahoo Sports, a curitibana contou que tem mais duas lutas em seu contrato com Ultimate e deseja subir ao ringue no verão (do hemisfério Norte) em 2019.

    “Claro que eu preciso de tempo para treinar, de quatro a seis meses de treino, (mas) vai ser perfeito, porque tenho duas lutas restando no MMA, e aí posso focar no Boxe. Vai ser muito empolgante. Eu a respeito, mas poderíamos fazer minha primeira luta de Boxe com ela. Eu posso conquistar de novo (cinturão, se o UFC retirar), sem problemas! Treino duro e conquisto de novo. Mas gostaria de trabalhar com eles. Se nós trabalharmos algo com o UFC que eu possa fazer a luta de Boxe e ainda manter o cinturão, voltar como o (Conor) McGregor fez, é isso. Preciso falar com meu manager”, apontou o caminho a brasileira.

    Considerada a melhor lutadora peso-por-peso da atualidade no Boxe, Braekhus derrotou no último sábado (5) Kali Reis, na Califórnia (EUA). Na plateia, Cyborg compareceu com o cinturão do UFC nos ombros e uma camisa escrito: “Cyborg vs. Braekhus, verão de 2019”. A pugilista, que registra 33 vitórias e nenhuma derrota, aponta como positiva a ideia.

    Cris Cyborg fez uma camiseta desafiando a campeã mundial de Boxe, a dinamarquesa Cecilia Braekhus (Foto reprodução)

    “Cris tem técnica de striker muito melhor que Conor McGregor”, comentou em entrevista ao site Fightnews.com. Tom Loeffler, manager de Braekhus, destacou o “respeito” entre as lutadoras: “Elas têm um respeito mútuo uma pela outra. Cyborg respeita as habilidades de Boxe da Cecilia, e Cecilia respeita a habilidade de lutar da Cyborg, é isso”, disse Loeffler.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome