Presidente do Bellator se anima com luta Rampage x Wand e cita o Brasil; entenda

    Wanderlei e Rampage já se enfrentaram em três oportunidades, com duas vitórias do brasileiro (Foto Getty Images / UFC)

    Uma das rivalidades mais clássicas do MMA poderá ter um novo capítulo ainda em 2018. As conversas em torno de uma quarta luta entre Wanderlei Silva e Quinton “Rampage” Jackson ocorrem desde o início deste ano, porém, ganharam força com uma possível “aprovação” de Scott Coker, presidente do Bellator, organização onde os dois atuam hoje.

    Em entrevista ao site MMA Fighting, Scott revelou que está em conversas com Rampage e Wanderlei, e que “adoraria” realizar o confronto antes do final do ano. Vale ressaltar que a “proposta inicial” pelo quarto combate partiu de Jackson e teve a aprovação do brasileiro, que impôs uma condição: o duelo teria que ser realizado no Brasil, mais precisamente na Arena da Baixa, em Curitiba, mesmo local que recebeu o UFC 198, em maio de 2016.

    “Isso é algo que estamos falando com Rampage e conversando com Wanderlei. Eu adoraria fazer essa luta antes do final do ano. Estamos trabalhando na possibilidade de executar essa luta lá (no Brasil)”, disse Scott Coker, que confirmando Rampage x Wanderlei, levaria uma edição do Bellator pela primeira vez ao Brasil, pedido de muitos fãs e lutadores.

    Wanderlei Silva e Quinton Rampage Jackson já se enfrentaram em três oportunidades. Nas duas primeiras, pelo extinto PRIDE, o brasileiro saiu vencedor por nocaute. Já o último encontro aconteceu em 2008, no Ultimate, onde o americano que venceu com um nocaute.

    1 COMENTÁRIO

    1. Não vejo com empolgação as lutas casadas, onde os lutadores já estão em final de carreira ou já aposentaram e depois voltam a lutar. Primeiro porque, eles não estão disputando cinturão algum. Segundo, os caras já estão fora de forma, os reflexos não são mais os mesmos.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome