Ultimate oficializa acordo com a ESPN para transmissão nos Estados Unidos; confira os detalhes

    Presidente do UFC, Dana White mostrou empolgação após novo acordo (Foto Getty Images / UFC)

    Maior evento de MMA do mundo, o UFC oficializou na última terça-feira (8) um importante acordo. A organização, que vinha, até então, em parceria exclusiva com o grupo FOX na transmissão de eventos nos Estados Unidos, agora terá, a partir de janeiro de 2019, seus direitos de transmissão vinculados a ESPN na plataforma ESPN+, que é o serviço de streaming multiesportivo da rede. Vale ressaltar que o atual contrato com a FOX se encerra no final de 2018, abrindo a possibilidade para a troca de parceiro realizada pela Ultimate.

    Desta forma, por ano, 15 cards exclusivos do Ultimate serão transmitidos pela ESPN+, cada um com 12 lutas programadas. Além disso, outros produtos da franquia, como o “Dana White’s Contender Series”, “UFC Countdown”, pesagens, coletivas de imprensa, pré e pós-eventos, e mais projetos exclusivos, também estarão na grade do canal. Outro planejamento é fazer parte da programação das principais plataformas da ESPN, com programas realizando prévias de eventos, além de reprises dos melhores cards do UFC.

    “Não poderia estar mais animado para essa parceria com o grupo The Walt Disney Company e com a ESPN, nesse acordo que fará nosso esporte continuar crescendo. O UFC sempre fez acertos com os parceiros ideiais no tempo certo, e esse não é exceção. Agora, temos a possibilidade de entregar lutas para nossos fãs mais novos, onde e quando eles quiserem”, disse o presidente do UFC, Dana White, sobre a parceria com o grupo Disney.

    Valores do acordo

    Segundo levantamento realizado pelo site SportsBusinessDaily, o acordo com a ESPN gira em torno de 150 milhões de dólares anuais, em um contrato de cinco anos. Outro detalhe importante é que o Ultimate encontra-se no mercado em busca da venda de pacotes de transmissão para 12 eventos anuais. Além disso, pay-per-view e assinatura do UFC Fight Pass poderão ser comprados através da ESPN+. A plataforma também dará direito a centenas de horas de programação do UFC, com acesso a arquivos da organização, entre eles eventos históricos, algo que, anteriormente, poderia ser visto apenas no Fight Pass.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome