Gastelum pede title shot nos médios após vitória sobre Jacaré: ‘Mereço a chance de disputar o cinturão’

    Kelvin Gastelum venceu Jacaré e está na expectativa de ser o próximo desafiante ao título (Foto Getty Images / UFC)

    Por Mateus Machado e Yago Rédua 

    A vitória por decisão dividida diante de Ronaldo Jacaré, no último sábado (12), pelo UFC 224, no Rio de Janeiro, pode ter sido determinante para Kelvin Gastelum receber a chance de disputar o cinturão na divisão dos médios. Nos últimos anos, o americano, além de derrotar Jacaré, também superou nomes como Michael Bisping, Vitor Belfort (esta revertida para “No-Contest” após doping de Gastelum com maconha), Tim Kennedy e Johny Hendricks, e foi derrotado apenas por Chris Weidman, ex-campeão da categoria.

    Após o evento, Gastelum concedeu entrevista aos jornalistas e afirmou que merece ser o próximo desafiante ao título dos médios. Além disso, o americano falou sobre a estratégia de Jacaré em manter a luta na trocação, o “título” de carrasco dos brasileiros lutando no país, entre outros assuntos, como sua relação com o treinador Rafael Cordeiro.

    Confira a entrevista coletiva de Kelvin Gastelum:

    – Chance ‘conquistada’ para disputar o cinturão

    Eu, definitivamente, sinto que mereço essa chance, então acho que vou sentar e esperar até eu ser o próximo. Sinto que tenho que ser o próximo. Não sei se vou aceitar outra luta que não seja ela. Sou um dos mais ativos e só lutei contra Top 10 e ex-campeões. Mereço.

    – Estratégia de Jacaré em buscar mais a trocação

    Eu sabia que poderia defender as quedas do Ronaldo Jacaré durante a luta e que eu também poderia ganhar a luta através da trocação, e ganhei (risos). Foi exatamente isso.

    – ‘Carrasco’ dos brasileiros lutando no país

    A minha expectativa é entrar e vencer todas as lutas, não só lutando contra os brasileiros, mas fico feliz por vencê-los (Vitor Belfort e Ronaldo Jacaré), são duas lendas dentro do esporte. Me sinto muito orgulhoso por isso, com certeza foram grandes vitórias.

    – Relação com o treinador Rafael Cordeiro

    O Rafael Cordeiro é um dos melhores treinadores da história do MMA, então eu estou muito feliz de fazer parte da família Kings MMA, a equipe dele, e isso é algo especial do Rafael, ele tem uma energia e um jeito de poder motivar a mim muito grande. É gratificante.

    – Resistência de Ronaldo Jacaré no combate

    Fiquei surpreso, sim (por Jacaré não ter sido nocauteado). Eu pensei que, com um golpe mais forte, seria suficiente para nocauteá-lo. Mas isso só provou que ele é um guerreiro.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    UFC 224
    Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ)
    Sábado, 12 de maio de 2018

    Card principal
    Amanda Nunes derrotou Raquel Pennington por nocaute técnico no 5R
    Kelvin Gastelum derrotou Ronaldo Jacaré por decisão dividida dos jurados
    Mackenzie Dern finalizou Amanda Cooper com um mata-leão no 1R
    John Lineker derrotou Brian Kelleher por nocaute no 3R
    Lyoto Machida derrotou Vitor Belfort por nocaute no 2R

    Card preliminar
    Cézar Mutante finalizou Karl Roberson com um katagatame no 1R
    Alexey Oleynik finalizou Júnior Albini com um estrangulamento Ezequiel no 1R
    Davi Ramos finalizou Nick Hein com um mata-leão no 1R
    Elizeu Capoeira derrotou Sean Strickland por nocaute no 1R
    Warlley Alves derrotou Sultan Aliev por nocaute técnico no 2R
    Jack Hermansson derrotou Thales Leites por nocaute técnico no 3R
    Ramazan Emeev derrotou Alberto Miná por decisão unânime dos jurados
    Markus Maluko finalizou James Bochnovic com um mata-leão no 1R

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome