Marcos Cunha exalta Ana Schmitt e comenta saída da Nova União para criação de sua equipe: ‘Foi natural’

    Ana Carolina Schmitt, pupila de Marcus Cunha, foi prata no Brasileiro de Jiu-Jitsu 2018 (Foto reprodução Instagram)

    Um dos grandes nomes da arte suave em Santa Catarina, Marcos Cunha vem dando “novos passos” em sua caminhada no Jiu-Jitsu. Após integrar durante anos o plantel da Nova União, o faixa-preta decidiu investir em seu nome e montou a Team Marcus Cunha, equipe liderada por ele e que tem como grande estrela a campeã mundial Ana Carolina Schmitt.

    Em entrevista à TATAME durante o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu da CBJJ, realizado no início deste mês, em Barueri (SP), Marcos analisou os seus novos passos na carreira. Tratando com naturalidade a saída da Nova União, o faixa-preta exaltou seu respeito pela equipe e ainda comentou sobre o cenário da arte suave no Sul do Brasil e na Team MC.

    Confira a entrevista abaixo:

    – Saída da Nova União

    A saída da Nova União foi uma coisa natural. Eu já estava lá há mais de 20 anos. Em uma conversa com o meu mestre André Marola, nós temos um grupo grande lá, sou parceiro da Nova União para o que eles precisarem, mas eu decidi levar o meu nome e montar o Team Marcos Cunha. Temos 40 filias em Santa Catarina, com muitos atletas revelados pela gente, com grandes chances de títulos mundiais. Foi algo natural, sem nenhuma mágoa.

    – Jiu-Jitsu no Sul do Brasil

    O Jiu-Jitsu no Sul do Brasil cresceu demais mesmo. Quando eu cheguei lá em 2004, tinham poucos eventos e atletas para o nível nacional. Mas hoje, de um modo geral, só a minha equipe que é muito constante lá em Santa Catarina. A maioria dos eventos nós estamos liderando. A cidade de Blumenau é bem acolhedora, abraçou o Jiu-Jitsu, a equipe. Eu estou feliz demais com o trabalho e de lá vão aparecer bons frutos para o Brasil e mundo.

    Confraternização TMC #família unida

    Uma publicação compartilhada por Team Marcos Cunha (@teammarcoscunha) em

    – Talentos na equipe

    Eu tenho bastantes atletas. A Maria Eduarda Tonzoni é um juvenil que vem ganhando tudo e vou levá-la para o Mundial. Tenho a principal atleta que é a Ana Carolina Schmitt, foi campeã mundial ano passado e vai em busca do bi esse ano. Assim, ela tem grandes chances de ser campeã e tem outros atletas que podem seguir este caminho como ela.

    – Trabalho com Ana Carolina

    Está sendo um trabalho bem árduo, ela está muito focada, bem preparada. Ela voltou dos Estados Unidos para fazer todo o processo (de preparação) aqui. Nesse processo de mudança de nome na equipe, ela realmente veio para ajudar a equipe a crescer com o nome. Estamos muito confiantes no sucesso dela em 2018 e no restante do nosso time.

    Essa matéria é um oferecimento de:

    #Tauron #UseTauron #NosLutamosComVoce. Para saber mais, clique aqui

    Kimonos Akira, a armadura que você precisa. Para saber mais, clique aqui

    Patchs Arte Suave: o melhor para o seu quimono. Para saber mais, clique aqui

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome