Aos 48 anos, Liddell anuncia ‘saída’ da aposentadoria e mira Ortiz para retorno

    Chuck Lidell e Tito Ortiz tem duas lutas entre eles, com duas vitórias para o "Homem de Gelo" (Foto Getty Images)

    O “Iceman” está de volta. Na última segunda-feira (14), Chuck Liddell, ex-campeão meio-pesado do UFC e Hall da Fama da organização, anunciou que está saindo de sua aposentadoria e que pretende voltar a lutar no MMA ainda em 2018. A confirmação aconteceu em entrevista ao site MMA Fighting. Aos 48 anos de idade, o americano agora é um “agente livre”, negociando diferentes opções para o seu retorno, inclusive com uma possível estreia do ex-boxeador Oscar de La Hoya como empresário no meio do MMA.

    Com a participação de Oscar, pode ser possível que a volta de Liddell aconteça em um terceiro confronto diante de Tito Ortiz, um dos seus grandes rivais. No entanto, Chuck ressaltou que seu retorno acontecerá com ou sem Ortiz, provavelmente em novembro.

    “Eu vou lutar de novo. É uma coisa real e eles estão trabalhando nisso. Isso não depende da participação de Tito (Ortiz). Tenho saudade. Eu nunca parei de sentir falta disso (MMA). Nunca pensei muito sobre, mas quando ele (Tito Ortiz) começou (a me provocar), eu voltei a treinar e ficar pronto de novo. Tipo, e se ele aparecer, não vou estar pronto? Decidi que vou dar uma chance a ele”, disse Chuck Liddell, que citou o falastrão Chael Sonnen como outro “candidato” a adversário, caso a luta contra o também veterano Ortiz não aconteça.

    “Eu não me importaria de lutar com o Chael (Sonnen). É um estilo bom para mim e ele tem uma boca grande. Ele promoveria bem a luta. Se eu não achasse que posso lutar, não iria. Mas me sinto bem, especialmente para lutar contra o Tito. Eu estou pronto”, concluiu.

    Com um cartel de 21 vitórias e oito derrotas no MMA profissional, Liddell se aposentou em 2010, a pedido de Dana White, presidente do UFC, depois de três derrotas seguidas consecutivas, contra Rashad Evans, Mauricio Shogun e Rich Franklin, respectivamente. “The Iceman” é um dos campeões mais populares da história do Ultimate e teve um papel fundamental na ascensão do esporte, tendo ficado por quase 21 anos na organização.

    2 COMENTÁRIOS

    1. Queria ver o Liddell contra caras que ele ainda não lutou, como por exemplo JJones, Cain Velasquez, Fedor, Crocop e outros. Quem sabe se concretize Liddell vs Fedor, e/ou Liddell vs Crocop, porque ambos estão no Bellator, e muito provavelmente o Bellator vai contratar o Liddell. Quanto ao JJones e Cain Velasquez é mais difícil acontecer porque o JJones esta suspenso, e o Cain Velasquez é peso pesado e está no UFC. Agora, Liddell contra Wand, Tito Ortiz e outros meia boca, não acho interessante.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome