Rafael Carvalho defende título contra Mousasi no histórico Bellator 200; MVP quer manter hype

    Rafael Carvalho, campeão, e Gegard Mousasi fazem o main event do histórico Bellator 200 (Foto: Bellator MMA)

    Por Yago Rédua

    Nesta sexta-feira (25), acontece o histórico Bellator 200, em Londres, na Inglaterra. A luta principal será formada pelo brasileiro Rafael Carvalho, campeão dos médios, contra Gegard Mousasi. A disputa passou a ser main event após Mirko Cro Cop lesionar o joelho esquerdo. O croata precisou abandonar a revanche com Roy Nelson, que iria liderar o card. O evento tem transmissão da Fox Sports, a partir das 23h30 (horário de Brasília).

    Mário Filho, comentarista da Fox Sports, comentou a lesão sofrida por Cro Cop e acredita que todos perderam com a saída do croata do card. Além disso, o jornalista projetou que é provável que a organização case um duelo entre Cro Cop e Fedor Emelianenko.

    “O cancelamento da luta do Cro Cop é uma pena. A estreia do croata na organização de MMA que mais cresce no mundo seria emocionante. Apenas a ponta do iceberg porque, inevitavelmente, vão casar Cro Cop x Fedor futuramente. Mas foi uma lesão séria, com necessidade inclusive de intervenção cirúrgica no joelho esquerdo para consertar o ligamento cruzado anterior. Uma fatalidade e uma tremenda de uma infelicidade porque foi justamente no último dia treinos antes do embarque para a Inglaterra. Perde o Roy Nelson, perde o Bellator, perde a galáctica noite, perdemos nós fãs”, comentou.

    Brasileiro quer seguir fazendo história

    Campeão dos médios, Rafael Carvalho tem três defesas de cinturão na divisão e, ao lado de Alexander Shlemenko, o recorde na categoria. Desta maneira, caso vença, o brasileiro pode se isolar e seguir fazendo história no Bellator. O lutador ainda registra uma invencibilidade que perdura por seis anos e meio – ou 15 vitórias seguidas.

    Já Mousasi trocou o Ultimate – após uma sequência de cinco vitórias e entrar no Top-5 dos médios – pela chance de ser campeão do Bellator. O iraniano chegou com status de estrela na franquia e estreou de forma polêmica contra Alexander Shlemenko. Alguns fãs e especialistas não acharam justa a decisão da arbitragem a favor de “The Dreamcatcher”.

    Rafael Carvalho precisou de 44 segundos para nocautear Sakara no Bellator 190, na Itália (Foto: Bellator MMA)

    Mário Filho vê o brasileiro como “subestimado” e acredita que a afiada luta em pé pode ser um ponto favorável para Rafael vencer Mousasi e manter o cinturão da categoria até 84kg.

    “O Rafael Carvalho é provavelmente o peso-médio mais subestimado do MMA na atualidade. Até por ser um profissional discreto e reservado. Mas ele é o campeão mundial mais dominante do Bellator. É o lutador com mais defesas de título entre os atuais campeões. Na trocação, já é um serial killer, um colecionador de nocautes exuberantes. O que ele fez com o Melvin Manhoef na revanche, ninguém tinha feito nada parecido. O que ele fez com o Sakara, que vem lutando de meio-pesado, ninguém nunca fez igual. Ele é um canivete suíço muito afiado com os punhos, cotoveladas, chutes, caneladas e joelhadas. E, treinando na Evolução Thai, se transformou numa aberração da luta em pé, uma máquina demolidora com um jogo de muito volume, versatilidade, recursos e truques. Ao contrário do Brasil de hoje, o Rafa tem sim tanque de gasolina pra fazer 25 minutos de guerra. A deficiência estava na luta agarrada, mas o Rafa investiu tanto nesse departamento que chegou a faturar o ouro nas três competições de Jiu-Jitsu que participou como faixa-roxa. Não vejo como o Mousasi possa confiscar o cinturão do brasileiro”, analisou o brasileiro.

    O que esperar de Michael Page?

    Uma das principais estrelas do Bellator, Michael Page aterrorizou o mundo do MMA ao nocautear o experiente Evangelista Cyborg com uma incrível joelhada voadora. Na sequência, não correspondeu contra Fernando González, fez uma luta monótona e venceu na decisão dividida dos árbitros. O compromisso no Bellator 200 será contra o polivalente David Rickels, que vem de duas vitórias seguidas e tem o como armas o Muay Thai e o Jiu-Jitsu. Marinho fez sua análise e apontou para uma vitória de “MVP”.

    “Michael Page é um fenômeno do ineditismo, da imprevisibilidade, da trocação inventiva e instigante. Mas precisa de um oponente que queira o confronto. O MVP é um lutador reativo, é um contra-golpeador que devolve na velocidade da luz, com muita violência e precisão. Mas é necessário um agressor dentro da jaula. Contra o Fernando Rodriguez foram dois contra-golpeadores esperando a iniciativa do outro, na longuíssima distância, cheios de respeito e temor. Resultado: uma das piores lutas da história. Só que o David Rickels não negocia, é um maníaco selvagem que vai obrigar o Michael a lutar. Caso contrário, o inglês perde a invencibilidade, perde o hype, o glamour, a credibilidade e despenca 80 degraus nos meio-médios. Dito tudo isso, acho que os estilos casam perfeitamente, e veremos uma performance das mais impactantes e contundentes do MVP, mandando o Homem das Cavernas de volta para o período mesozoico (risos)”, projetou.

    Para entrar no caminho do cinturão

    Em um dos confrontos esperados do card, Phil Davis, ex-campeão dos meio-pesados, encara Linton Vassell. Ambos perderam recentemente para o campeão Ryan Bader – que participa do GP dos Pesados, promovido pelo Bellator. O comentarista da Fox Sports não acredita que o vencedor deste confronto se credencie de imediato para um title shot, mas vai se aproximar de uma nova disputa pelo título.

    You’ve got to put in work for that reward! ???? #BlackheartRum #TeamBlackheart #Bellator200 #Sponsored

    Uma publicação compartilhada por Phil Davis (@philmrw) em

    “Não sei se rende um title-shot. O Bader venceu o Davis duas vezes, a última delas tomando a cinta no próprio Bellator numa vitória incontestável. O Vassel foi nocauteado pelo Bader na primeira defesa de título. Nenhum dos dois mereceria se credenciar neste instante. Mas acho que o Phil Davis leva essa com facilidade e se recoloca na trilha rumo à reconquista do cinturão”, apontou.

    CARD COMPLETO:

    Bellator 200
    Londres, na Inglaterra
    Sexta-feira, 25 de maio de 2018

    Card principal
    Rafael Carvalho x Gegard Mousasi
    Michael Page x David Rickels
    Aaron Chalmers x Ash Griffiths
    Mike Shipman x Carl Noon
    Kate Jackson x Anastasia Yankova
    Phil Davis x Linton Vassell

    Card preliminar
    Jahreau Shepherd x Marcin Zywica
    Walter Gahadza x Kent Kauppinen
    Amir Albazi x Iurie Bejenari
    Tom Green x Charlie Leary
    Louis King x Charlie Ward
    Pedro Carvalho x Daniel Crawford
    Vladimir Filipovic x Anatoly Tokov
    Kevin Fryer x Costello Van Steenis
    Mike Ekundayo x Tom Mearns

    1 COMENTÁRIO

    1. CHAMPS É FÁCIL SER CAMPEÃO AONDE NÃO TEM CRYS WEIDMAN O MELHOR E MAIOR DE TODOS. O MESMPO QUE DESTRUIU ANDERSON SPIDER SILVA DUAS VEZES SEGUIDAS … O MESMO QUE DESTRUIU O TESTOSTERONA BELFORT . ISSO O MESMO QUE DESTRUIRÁ JACARÉ SOUZA NA PRÓXIMA LUTA …. QUEM VIVER VERÁS KKKKKKKKKKKKKKKKKKK SÓ LEIGO DISCORDA .!!@$*+

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome