Dana ‘cancela’ encontro com McGregor, mas projeta luta contra Khabib em 2018

    Dana White, presidente do UFC, quer marcar McGregor contra Khabib ainda neste ano de 2018 (Foto Getty Images / UFC)

    Em Liverpool, na Inglaterra, para acompanhar o UFC Fight Night 130, Dana White, presidente do Ultimate, revelou na última semana que iria marcar uma reunião com Conor McGregor a respeito do futuro do irlandês dentro da franquia. O lutador não sobe ao cage desde novembro de 2016, quando conquistou o cinturão dos leves. Vale lembrar, ainda, que no dia 14 de junho, “Notorius” vai participar de uma audiência em Nova York (EUA), após ter atacado um ônibus no UFC 223, em abril, e pode pegar até sete anos de prisão.

    Em coletiva de imprensa na Inglaterra, o “Big Boss” contou que a reunião com Conor foi cancelada e será remarcada para Las Vegas (EUA). O mandatário também projetou a realização da luta entre Khabib Nurmagomedov, atual campeão dos leves, e McGregor, ainda neste ano de 2018, mas afirmou que precisa saber o resultado da audiência antes.

    “Eu pensei que essa fosse ser a primeira pergunta quando eu entrei aqui. Acabou que não deu certo para esse fim de semana. Conor e eu vamos nos encontrar em Las Vegas nos próximos dias. Nós não nos vemos e não nos falamos desde Nova York, temos que nos encontrar logo. Ao mesmo tempo, não podemos determinar nada do futuro dele até a audiência em junho. Eu estou muito confiante que Conor é a luta que Khabib quer, e que Khabib é a luta que Conor quer. Posso ver isso acontecendo no futuro”, apontou Dana.

    Polêmicas do UFC Liverpool

    Sobre a pontuação da luta principal do UFC Liverpool, que decretou a vitória de Darren Till por decisão unânime sobre Stephen Thompson, tendo recebido dois 49 a 46, Dana discordou. No entanto, o presidente afirmou que a luta foi muito igual e poderia ter ido para qualquer um. O “Big Boss” afirmou ter visto erros na marcação de pontos referentes a outras lutas do card e prometeu tomar medidas quando retornar aos Estados Unidos.

    “Meu telefone está bombando, todo mundo está me ligando dizendo que foi roubado. Quando você tem rounds tão próximos, acaba se perdendo na contagem. Eu mesmo me perdi, foi uma luta bem difícil de marcar. Honestamente, assim que a luta terminou, eu pensei: ‘Essa luta pode ir para qualquer um dos dois lados’. É difícil quando você tem dois caras que jogam no contra-ataque, mas o Till estava indo para a frente o tempo todo… São muitas variáveis, fica difícil de julgar. Mas alguns outros resultados dessa noite, principalmente as pontuações, foram absolutamente ridículos. Quando voltar a Las Vegas vou pedir para o Marc Ratner (diretor do UFC) olhar esses resultados”, encerrou Dana.

    1 COMENTÁRIO

    1. espero que pegue 7 anos de cana braba vai virar uma loira na cadeia que seu brioco vire comida para a negadinha no xilindro huehuehue

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome