Zuluzinho volta ao MMA após oito anos com revés no Imortal FC 9; veja como foi

    Zuluzinho não aguentou as dores após receber chutes nas pernas e desistiu da luta (Foto reprodução Esporte Interativo)

    A noite do último sábado (2) marcou o retorno de um velho conhecido dos fãs de MMA ao cage: Wagner Zuluzinho, ex-lutador do PRIDE e filho do Rei Zulu, lenda do Vale Tudo. Porém, quem esperava um grande combate do “gigante”, que não lutava há cerca de oito anos, se decepcionou com a atuação de Zuluzinho na luta principal do Imortal FC 9.

    Mesmo atuando em casa, em São Luís, no Maranhão, o “gigante” não foi páreo para o também experiente Edvaldo Gameth. Fazendo valer da sua maior agilidade – afinal, Edvaldo estava quase 60kg mais leve que Zuluzinho (98kg x 160kg) -, Gameth conectou bons chutes e castigou a perna do maranhense, que nem voltou para o segundo round.

    Usando meias de compressão – resultado de uma trombose -, com as pernas machucadas e muita dificuldade para se locomover, Zuluzinho precisou de ajuda médica para se levantar e deixar o cage. Antes, Gameth, que não tinha nada a ver com isso, aproveitou para castigar o adversário no ground and pound até o término do round inicial – e da luta.

    Ainda pelo Imortal FC 9, no co-main event, Caio Leão nocauteou Ferreira Blindado com um upper certeiro. Outros destaques positivos do card foram as finalizações de Samuel Paiva e Monique Elias sobre Nonato Shaolin e Conceição Oliveira, respectivamente. Já o destaque negativo ficou por conta do embate entre Walter “Aires” Neto e João “Alicate” Elias, pelo peso-galo, que terminou em briga entre os lutadores e com “No Contest” (sem resultado).

    Confira os destaques do evento abaixo (transmitido pelo Esporte Interativo):

    2 COMENTÁRIOS

    1. O Zuluzinho está com problema de circulação. Veja os pés dele. As pernas completamente inchadas. Ele precisa de cuidados médicos.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome