Fellipe Andrew supera Kaynan Duarte e se torna ‘rei dos pesados’ da Copa Podio

    Fellipe Andrew e Kaynan Duarte travaram uma batalha na decisão da Copa Podio em Porto Alegre (Foto Camila Nobre)

    Por Yago Rédua

    Em uma noite de sábado (16) que a temperatura de Porto Alegre chegou aos 4º graus, o clima no tatame para o GP dos Pesados da Copa Podio subiu. Com campanhas impecáveis, Fellipe Andrew e Kaynan Duarte chegaram a decisão e fizeram uma guerra de seis minutos. Com 2 a 0 nos pontos, o lutador da Zenith BJJ, que havia levado o vice-campeonato no GP dos Médios, se sagrou campeão no encerramento da quinta temporada.

    Nas superlutas, Diego Borges superou Charles do Bronx em disputa sem quimono, enquanto a fera Bia Basílio finalizou Luciene Silva. Já na abertura do evento, Jhonny Loureiro bateu Ygor Rodrigues e garantiu vaga no GP dos Leves da sexta temporada.

    Caminho até o grande reinado

    Presente no Grupo Verde, Andrew finalizou Fábio Alano com um triângulo invertido na primeira luta. Com a folga na segunda rodada, o faixa-preta encarou Perttu Tapponen e voltou a finalizar com um triângulo. Já no terceiro duelo, fez 9 a 0 nos pontos contra Renato Cardoso. Para fechar a fase inicial, finalizou Devhonte Bones com um arco e flecha.

    No Grupo Amarelo, Kaynan Duarte finalizou todos os seus primeiros compromissos como faixa-preta. O lutador da Atos começou com um americana contra Leonardo Lara. Na sequência, engatou mais três finalizações, sendo um armlock em Horácio Antunes, um triângulo em Bruno Lima e fechou a fase grupos com um leg lock sobre Jared Dopp.

    Já na semifinal, Fellipe Andrew chegou a abrir 7 a 0 contra o português Bruno Lima, mas finalizou a luta com uma chave de pé. Enquanto Kaynan Duarte teve uma batalha contra Fábio Alano e venceu por uma vantagem, para garantir o passaporte para a grande final.

    Batalha pelo trono nos pesados

    Andrew começou o confronto chamando para a guarda. Enquanto isso, em um jogo de pressão, Kaynan tentava passar a guarda, mas encontrava um oponente atento. Com explosão, o lutador da Zenith BJJ chegou próximo de raspar e ganhou uma vantagem, mas em seguida abriu 2 a 0 após efetivar o movimento. Trabalhando na meia guarda, Kaynan foi usando a estratégia e passou a atacar com mais intensidade. O faixa-preta da Atos chegou a conquistar duas vantagens e esteve próximo de finalizar com uma chave de pé.

    Diego Borges supera Do Bronx

    Em confronto bem equilibrado, marcado por muito estudo dos dois lados, Diego Borges superou Charles do Bronx por 2 a 0 nos pontos. Ao ver o adversário entrar no double leg, o paulista defendeu. No entanto, o “Operário” manteve a pegada, conquistou a queda e abriu os pontos necessários para garantir a vitória. No fim, Do Bronx – atleta do UFC – ainda esboçou uma pressão, mas o manauara soube defender com sucesso e garantiu o triunfo.

    Diego Borges derrotou Charles do Bronx em um confronto No-Gi e levantou o público no Sul (Foto Camila Nobre)

    Basílio finaliza no round inicial

    As duas lutadoras começaram o embate buscando as quedas, mas foi Bia Basílio que começou a trabalhar na guarda de lapela. Na sequência, a paulista pegou a perna de Luciene Silva e encaixou o leg lock para garantir a vitória ainda no primeiro round, em luta programada para três assaltos. Sob os aplausos do público, Bia deu uma cambalhota.

    Jhonny garante vaga em GP

    Na luta de abertura da quinta temporada da Copa Podio, Jhonny Loureiro travou uma batalha contra Ygor Rodrigues. O Lutador da Alliance chegou a abrir 4 a 2 nos pontos, porém, após uma reação, Ygor empatou e virou para 6 a 4. Com uma raspagem, Jhonny voltou a igualar e saiu vitorioso após o adversário receber uma punição no combate.

    Bia Basílio mostrou toda sua técnica e finalizou Luciane Silva ainda no primeiro round do combate (Foto Camila Nobre)

    RESULTADOS COMPLETOS:

    Copa Podio – 5a temporada (GP dos Pesados)
    Ginásio do SESC Campeste, em Porto Alegre (RS)
    Sábado, 16 de junho de 2018

    – GP peso-pesado
    Campeão: Fellipe Andrew
    Vice-campeão: Kaynan Duarte
    Terceiro lugar: Fábio Alano

    – Superlutas
    Jhonny Loureiro derrotou Ygor Rodriguez por uma punição
    Diego Borges derrotou Charles do Bronx por 2 a 0 nos pontos
    Bianca Basílio derrotou Luciane Silva com um leg lock

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome