Diego Borges celebra vitória sobre Charles do Bronx na Copa Podio e aponta: ‘Eu sempre fui fã dele’

    Diego Borges superou Charles do Bronx no desafio sem quimono da Copa Podio, em Porto Alegre (Foto Camila Nobre)

    Por Yago Rédua

    Operário do Jiu-Jitsu, como é conhecido, Diego Borges travou uma guerra com Charles do Bronx, atleta do UFC, em superluta No-Gi na edição da Copa Podio realizada no último sábado (16). O casca-grossa venceu o confronto por 2 a 0 nos pontos e conversou com a TATAME logo após o feito, afirmando que havia treinado bastante defesa de guilhotina – uma das especialidades do rival – e citando o período em que ficou afastado dos tatames.

    “Treinei bastante, foram dois meses de treinos pesados. Na verdade, foi um ano após o acidente. Fiquei parado, fora das competições. Quando o Jéferson (Mayca, presidente da Copa Podio) me convidou, falando que eu iria enfrentá-lo (Do Bronx), treinei bastante a defesa de guilhotina, porque ele pega muita gente. Naquele finalzinho, defendi bem, trabalhei muito essa parte técnica. Foi uma luta boa, bastante estudada. Há uma semana ele estava lutando com o Clay Guida (no UFC 225), torci por ele. Graças a Deus é uma rivalidade saudável, isso é Jiu-Jitsu. Sempre fui fã dele, respeito pra caramba”, destacou.

    Antes do confronto, Diego e Charles mostraram muito respeito mútuo. Logo após saírem do tatame, na ida ao vestiário, se abraçaram e tiveram uma rápida conversa. O manauara afirmou que é sempre uma motivação maior lutar contra um atleta que tenha admiração.

    “Motiva mais (lutar contra alguém que você respeite), serve como exemplo. Temos sempre que estar respeitando os nossos adversários, nunca menosprezando. Apesar dele estar com o Jiu-Jitsu de MMA e eu o Jiu-Jitsu esportivo, muda um pouco. Se Deus quiser, ele estará voltando para lutar o GP dos Leves de quimono, o que é legal para a galera do MMA. Vou dar uma força para ele treinar e fazer bonito. (Sobre a participação do GP dos Leves) vou assistir (risos). Vou voltar devagar, treinar mais para competir pano agora”, encerrou.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome