Grão-Mestre Luiz Alves terá biografia lançada no próximo sábado (30), no Rio de Janeiro; confira

Luiz Alves, Grão-Mestre e treinador de grandes atletas, terá biografia lançada em São Paulo (Foto divulgação)

Um dos mais importantes treinadores de MMA do mundo e um dos introdutores do Muay Thai no Brasil, o cearense Luiz Alves faleceu precocemente, em 19 de março de 2010, vítima de um Acidente Vascular Cerebral. Neste sábado (30), a jornalista Claudia Reis e José Alberto Rodrigues, também treinador de Muay Thai e irmão de Alves, lançam sua biografia – “Diamante: a história de Luiz Alves, lenda do Muay Thai e do MMA” (editora Forma & Conteúdo). Haverá duas sessões de lançamento no Rio: pela manhã, a partir das 11h, na Arena 3 do Parque Olímpico da Barra da Tijuca, durante o Campeonato Brasileiro de Muay Thai; e das 18h30 às 20h30, na academia Upper (Rua Marquês de Abrantes, nº 96, Flamengo). Já em São Paulo, o lançamento será realizado no dia 19 de julho, na Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho, nº 915, Vila Madalena), a partir da 19h.

Para apurar e escrever a biografia, com 304 páginas, a jornalista Claudia Reis entrevistou cerca de 70 pessoas, entre parentes, atletas, treinadores, jornalistas, amigos e adversários. Além de atletas como Rodrigo Minotauro, Rogério Minotouro, Pedro Rizzo, Artur Mariano, Ebenezer Braga, Johil de Oliveria, Marcelo Aguiar, apenas para citar alguns, há o depoimento de personalidades como Thom Harinck, lendário treinador do K1 e fundador da Chakuriki, centro de lutas na Holanda em que Alves realizou alguns intercâmbios, e de jornalistas que não apenas acompanharam a carreira de Alves, mas que se tornaram grandes amigos, casos dos brasileiros Fernando Flores e Marcelo Alonso.

O texto resgata não apenas a vida de Alves, cheia de altos e baixos, perdas e vitórias, mas também a história do Muay Thai no Brasil. “Hoje há academias dessa arte marcial tailandesa em cada esquina do país. Mas a maior parte dos atletas não sabe como a luta chegou aqui. Muitas informações estavam perdidas. Para a primeira parte do livro, que vai do nascimento ao fim dos anos 80, tive que contar com recortes de jornal que alguns lutadores guardaram e com a memória dos entrevistados. Mas o resultado é um texto cheio de detalhes, que vai arrancar risadas e lágrimas de muita gente. Não esperem um livro sobre porrada. Esperem um livro sobre uma experiência de vida rica e interessante”.

Para assinar o prefácio, Claudia e José Alberto convidaram Artur Mariano, um dos principais lutadores treinados pelo Grão-Mestre e grande parceiro nos últimos dez anos de vida, ajudando Alves a organizar o esporte na Confederação Brasileira de Muay Thai (CBMT). Para o posfácio, contaram com um depoimento de Rudimar Fedrigo, coach em Muay Thai que foi um dos maiores parceiros na introdução do esporte no país e um dos maiores adversários nos ringues do MMA, com atletas como Wanderlei Silva e Anderson Silva.

1 COMENTÁRIO

  1. a familha do muay thai nacioonal e do ms esta triste aqui quem vos escreve é messias daniel gadelha vulgo gardenal samurai ainda vivo neste planet terra dizem que sou lenda vivo do mundo do muay tahi ou mestre outros dizem do boxe nacional e sulmatogrossense mas eu sou sou um maluco dicipulo do nao digo ex mas foi e na minha memoria sempre sera campeao edudardo miorino de morais o mopheu como o saudoso mestre luiz alves com que tive oprazer diu conhecer juntamente com o dudu que commo todos sabem poucos o chamsavao assim dudu ou eduardo o maiorino mas esse maluco e mais um aqui no estado o chamava assim mr deneo bento ha quem eu eu chamo de mestre hoje em dia ou clo0ne do eduardo maiorino atual li9der da equipe gracie barra cg total0 fithg em campo grandfe um projeto social juntamente com a equipe gracie e o mestre carson gracie desenvolve um projeto social em campo grande ms masmeu pesames a familha do grao mestre luiz alves abraço messias daniel gadelha gardenal sumaraii oss

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente
Seu nome