Em noite de polêmicas no PFL 2, Brooks vence Buscapé; Vinny e Schulte brilham

Publicado em 22/06/2018 por: Mateus Machado
Em noite de polêmicas no PFL 2, Brooks vence Buscapé; Vinny e Schulte brilham Will Brooks levou a melhor sobre Luiz Buscapé na luta principal do PFL 2 (Foto: PFL)

publicidade

Realizado na última quinta-feira (21), em Chicago, nos Estados Unidos, o PFL 2018 #2, segundo evento da temporada regular da franquia, teve duelos onde foram contabilizados pontos para os GPs nas categorias peso-leve e meio-pesado. Na luta principal da edição, em confronto com poucos momentos de emoção, Will Brooks teve atuação dominante sobre Luiz Buscapé com o uso de suas quedas e derrotou o brasileiro na decisão unânime dos jurados, contabilizando três pontos na classificação da divisão dos leves.

Nijem sai vencedor no co-main event

No co-main event, também em combate válido pelos leves, Ramsey Nijem levou desvantagem sobre Brian Foster nos dois primeiros rounds de luta, no entanto, no início do último assalto, com uma sequência avassaladora de golpes, levou seu oponente a knockdown após aplicar uma bela joelhada voadora e sacramentou seu triunfo com uma série de socos em Foster, forçando a interrupção do árbitro e contabilizando quatro pontos.

Judoca bicampeã olímpica estreia com vitória no MMA

Fazendo sua estreia no MMA profissional, Kayla Harrison, judoca bicampeã olímpica, não teve dificuldades em sua primeira luta na modalidade. A americana, que teve Brittney Elkin pela frente, mostrou sua técnica na luta de chão, conseguiu a queda sobre a adversária e, logo na sequência, aplicou uma chave de braço, forçando os três tapinhas de Elkin. Vale ressaltar que o confronto não contabilizou pontos para nenhum tipo de competição da PFL.

Grande polêmica do card principal

A grande polêmica do card principal do evento ocorreu no duelo entre Jason High e Efrain Escudero, válido pela divisão peso-leve. Utilizando sua boa técnica no Wrestling, High levou a melhor nos dois primeiros rounds. Na sequência, porém, Escudero puxou para sua guarda e encaixou uma guilhotina, buscando a finalização a todo custo. O árbitro, de forma precipitada, interrompeu a luta, mesmo com Jason tentando escapar da posição.

Revoltado com a decisão do árbitro central, Jason High saiu do cage extremamente contrariado com o resultado. Horas depois, a Comissão Atlética de Illinois declarou que viu novamente a luta e o momento da finalização, concordando com a decisão do árbitro e, consequentemente, mantendo o resultado do confronto, negando qualquer tipo de apelação por parte de High.

Ronny Markes é derrotado

Ainda no card principal, Ronny Markes esteve em ação diante de Sean O’Connell e, no primeiro round, levou vantagem quando a luta esteve no solo. Já no segundo assalto, mesmo mostrando muito cansaço, O’Connell aplicou um potente golpe de esquerda, que levou Ronny à lona. Para garantir sua vitória, Sean conseguiu mais uma sequência de golpes, que levaram o árbitro a interromper o confronto.

Duelo envolvendo Thiago Tavares termina em polêmica

Outra polêmica no card do PFL 2 ficou marcada na luta entre Robert Watley e Thiago Tavares. O duelo em questão foi interrompido após Watley acertar um chute na região genital do brasileiro, que sentiu bastante e, mesmo após o tempo de cinco minutos para se recuperar, não conseguiu voltar à luta. A expectativa, com isso, era de que o combate terminasse em “No Contest” (sem resultado), todavia, o árbitro decretou que Robert saiu vencedor por nocaute técnico, causando a revolta do brasileiro, que promete entrar com um recurso contestando a decisão.

Vinny Pezão e Natan Schulte brilham

Na divisão dos meio-pesados, destaque para Vinny Pezão. O faixa-preta brasileiro teve grande atuação e, ainda no primeiro round, com dois minutos de luta, finalizou Jamie Abdallah com um mata-leão, somando seis pontos e assumindo a liderança na classificação dos meio-pesados.

Já na categoria peso-leve, Natan Schulte entrou em ação contra o ex-UFC Chris Wade e, com uma atuação segura e precisa, levou a melhor sobre o americano na decisão unânime dos jurados, somando seus primeiros três pontos no GP da divisão.

RESULTADOS COMPLETOS:

PFL 2018 #2
Chicago, nos Estados Unidos
Quinta-feira, 21 de junho de 2018

Card principal

Peso-leve: Will Brooks derrotou Luiz Buscapé por decisão unânime dos jurados
Peso-leve: Brian Foster derrotou Ramsey Nijem por nocaute técnico no 3R
Peso-leve: Kayla Harrison finalizou Brittney Elkin com uma chave de braço no 1R
Peso-leve: Efrain Escudero finalizou Jason High com uma guilhotina no 3R
Peso meio-pesado: Sean O’Connell derrotou Ronny Markes por nocaute técnico no 2R

Card preliminar

Peso meio-pesado: Brandon Halsey derrotou Smealinho Rama por nocaute técnico no 2R
Peso-leve: Islam Mamedov derrotou Yuki Kawana por decisão unânime dos jurados
Peso meio-pesado: Vinny Pezão finalizou Jamie Abdallah com um mata-leão no 1R
Peso meio-pesado: Rakim Cleveland derrotou Rashid Yusupov por nocaute técnico no 3R
Peso meio-pesado: Maxim Grishin derrotou Jason Butcher por nocaute técnico no 1R
Peso-leve: Robert Watley derrotou Thiago Tavares por nocaute técnico no 2R
Peso-leve: Natan Schulte derrotou Chris Wade por decisão unânime dos jurados
Peso meio-pesado: Dan Spohn derrotou Bazigit Atajev por nocaute técnico no 3R

– Classificação da categoria peso-leve

1º Robert Watley – 5 pts
2º Brian Foster – 4 pts
3º Will Brooks – 3 pts
Natan Schulte – 3 pts
5º Islam Mamedov – 3 pts
6º Yuki Kawana – 0 pts
7º Chris Wade – 0 pts
Luiz Buscapé – 0 pts
9ºJason High – 0 pts
10º Ramsey Nijem – 0 pts
11º Thiago Tavares – 0 pts
12º Efrain Escudero – 0 pts

– Classificação da categoria meio-pesado

Vinny Pezão – 6 pts
2º Maxim Grishin – 6 pts
3º Sean O’Connell – 5 pts
4º Rakim Cleveland – 4 pts
5º Brandon Halsey – 4 pts
6º Dan Spohn – 4 pts
7º Bozigit Ataev – 0 pts
8º Smealinho Rama – 0 pts
9º Rashid Yusupov – 0 pts
10º Ronny Markes – 0 pts
11º Jason Butcher – 0 pts
12º Jamie Abdallah – 0 pts

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade