Miocic e ‘DC’ fazem ‘superluta’ pelo título dos pesados; três brasileiros entram em ação

    Stipe Miocic e Daniel Cormier farão superluta pelo título da divisão dos pesados (Foto: Getty Images)

    Marcado para acontecer neste sábado (7), o UFC 226 teve uma grande baixa durante a semana com o cancelamento da luta entre Max Holloway e Brian Ortega, onde o título da divisão dos penas estaria em jogo. No entanto, o card segue bem atrativo e promete fortes emoções. Na luta principal, em duelo de campeões, Stipe Miocic e Daniel Cormier farão uma superluta onde o cinturão dos pesados estará em disputa. No co-main event, também na categoria até 120kg, os gigantes Francis Ngannou e Derrick Lewis prometem abalar as estruturas da T-Mobile Arena.

    O card principal ainda contará com boas atrações aos fãs de MMA. No peso-leve, Michael Chiesa e o ex-campeão Anthony Pettis prometem um combate movimentado. Na divisão meio-pesado, Gokhan Saki encara Khalil Rountree, enquanto nos meio-médios, Mike Perry terá Paul Felder pela frente.

    Miocic e Cormier medem forças pelo cinturão dos pesados

    Recordista em defesas de cinturão na divisão dos pesados, Stipe Miocic manteve com sucesso o seu título diante de Alistair Overeem, Júnior Cigano e Francis Ngannou. Agora, buscando sua quarta manutenção de cinturão, o americano de origem croata, que possui 18 vitórias e apenas duas derrotas em seu cartel, terá, possivelmente, o maior desafio de sua carreira.

    Pela frente, Miocic terá o experiente Daniel Cormier. Oriundo do Wrestling e com excelência máxima no jogo de quedas, o atual campeão meio-pesado do UFC começou sua carreira no MMA lutando como peso-pesado, onde foi campeão do extinto evento Strikeforce. Pela categoria até 120kg, “DC” venceu nomes como Antônio Pezão, Josh Barnett, Frank Mir e Roy Nelson. Logo depois, desceu para os 93kg, onde também se tornou campeão e só perdeu para Jon Jones, seu grande rival no MMA.

    Vindo de revés, Ngannou encara Lewis

    Com 11 triunfos e duas derrotas no cartel, Francis Ngannou vinha embalado no Ultimate com uma série de seis resultados positivos, sendo quatro deles conquistados no primeiro round. No entanto, em seu último compromisso, disputou o cinturão contra Stipe Miocic e não conseguiu mostrar seu alto poder de nocaute, sendo derrotado pelo campeão na decisão unânime dos jurados.

    Agora, Ngannou buscará o reencontro com as vitórias com mais um duro desafio pela frente. Isto porque Derrick Lewis contabiliza sete triunfos em suas últimas oito lutas no UFC, tendo perdido apenas para Mark Hunt nesta sequência. Em sua carreira no MMA, o americano possui 19 resultados positivos, sendo 17 delas conquistadas através de nocautes.

    Francis Ngannou e Derrick Lewis se estranharam na encarada para a luta (Foto: Getty Images)

    Brasileiros em ação

    Além dos grandes combates do card principal, o UFC 226 contará com três brasileiros em ação. Invicto no MMA e considerado uma das grandes promessas brasileiras no esporte, Paulo Borrachinha vai tentar emplacar sua quarta vitória no Ultimate em duelo contra o perigoso Uriah Hall, o “Homem Ambulância”, que vem de triunfo sobre Krzysztof Jotko em sua última luta.

    Ainda no card preliminar, o experiente Raphael Assunção, assim como Borrachinha, vai em busca de seu quarto resultado positivo seguido, e em terceiro lugar na divisão dos galos, pode se aproximar ainda mais de uma possível disputa de cinturão caso vença Rob Font. O primeiro brasileiro a entrar em ação será Gilbert Durinho, que vem de duas vitórias e buscará a “trinca” contra Dan Hooker

    Paulo Borrachinha será um dos representantes brasileiros no card do UFC 226 (Foto: Getty Images)

    CARD COMPLETO:

    UFC 226
    T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA)
    Sábado, 7 de julho de 2018

    Card principal
    Daniel Cormier derrotou Stipe Miocic por nocaute no 1R
    Derrick Lewis derrotou Francis Ngannou por decisão unânime dos jurados
    Mike Perry derrotou Paul Felder por decisão dividida dos jurados
    Anthony Pettis finalizou Michael Chiesa com um triângulo no 2R
    Khalil Rountree derrotou Gokhan Saki por nocaute técnico no 1R

    Card preliminar
    Paulo Borrachinha derrotou Uriah Hall por nocaute técnico no 2R
    Raphael Assunção derrotou Rob Font por decisão unânime dos jurados
    Curtis Millender derrotou Max Griffin por decisão unânime dos jurados
    Dan Hooker derrotou Gilbert Durinho por nocaute técnico no 1R
    Drakkar Klose derrotou Lando Vannata por decisão unânime dos jurados
    Emily Whitmire derrotou Jamie Moyle por decisão unânime dos jurados

    2 COMENTÁRIOS

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome