Kaynan, Cobrinha Jr, Braguinha e Andrew se destacam no ACB JJ World Open Championship 2; saiba

    Kaynan Duarte foi campeão na disputa do absoluto após perder em sua categoria (Foto divulgação)

    No último domingo (8), em Moscou (RUS), foi realizada a segunda edição do ACB Jiu-Jitsu World Open Championship. Popularmente conhecido como “Mundial do ACB JJ”, o evento contou com o destaque de diversos atletas da nova geração da arte suave na faixa-preta. Além disso, o torneio teve boa premiação aos atletas, sendo algumas de até 5 mil dólares.

    Considerado uma das principais promessas da equipe Atos, o recém-promovido à faixa-preta Kaynan Duarte voltou a brilhar. O jovem lutador perdeu na final de sua categoria para Fellipe Andrew, no entanto, na disputa do absoluto, voltou a enfrentar seu “algoz” e desta vez saiu vencedor após anotar 6 a 2 nos pontos. Em sua campanha no peso aberto, Kaynan já havia derrotado Seif-Eddine Houmine e Hugo Marques nas quartas de final e na semifinal, respectivamente. Com o título absoluto, o faixa-preta deverá receber em breve a chance de lutar nas edições de lutas casadas do ACB Jiu-Jitsu, carro-chefe da franquia.

    Nas disputas por categoria, outros atletas recém-chegados à preta brilharam. Na divisão até 60kg, em seu primeiro torneio como faixa-preta, Gabriel Sousa foi campeão ao superar a fera Lucas Pinheiro na grande final na decisão dos árbitros. No peso até 65kg, o mesmo aconteceu com Kennedy Maciel, filho do multicampeão Charles Cobrinha. “Cobrinha Jr” garantiu o lugar mais alto do pódio ao vencer Victor Moraes por 4 a 2 nos pontos. Antes de chegar à final, Kennedy já havia derrotado nomes como Pablo Mantovani e Alex Sodré.

    Filho de Rubens Charles Cobrinha, Kennedy Maciel conquistou seu primeiro ouro na faixa-preta (Foto divulgação)

    Nos 75kg, o grande nome foi Leonardo Lara. Representando a Atos/Almeida Jiu-Jitsu, o lutador foi o campeão com vitória sobre Sérgio Rios na decisão dos árbitros. Já na categoria até 85kg, Gustavo Braguinha confirmou sua ótima fase e conquistou mais um título, superando o experiente Charles Negromonte por 7 a 0 nos pontos na finalíssima, além de vencer William Dias, Lucas Figueiredo e Phillipe Pomaski anteriormente.

    Outro que confirmou a grande fase foi Fellipe Andrew. A fera da Zenith JJ emplacou seu terceiro ouro consecutivo ao voltar a vencer Kaynan Duarte por 2 a 0 nos pontos, algo que já tinha acontecido na Copa Podio. Desta forma, o faixa-preta sagrou-se campeão da categoria até 95kg. Já na divisão acima de 95kg, o vencedor foi o marroquino Seif-Eddine Houmine, finalizando Igor “Tigrão” Schneider na final após também realizar boa campanha.

    Fellipe Andrew confirmou sua boa fase no Jiu-Jitsu e conquistou mais um título na carreira (Foto divulgação)

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome