Metalúrgico e faixa-preta, Davi Fidélis quer vencer o Circuito Brasil Open Mineirinho para realizar sonho

    Davi Fidélis, um dos destaques do ranking da FJJD-Rio/CBJJD, vai fazer uma superluta no Brasileiro (Foto Click Art'suave)

    Por Yago Rédua

    Metalúrgico e faixa-preta de Jiu-Jitsu, Davi Fidélis tem o sonho de competir pela primeira vez fora do Brasil. Com dificuldade para conseguir patrocínio, podendo treinar apenas no período da noite e aos fins de semana, o casca-grossa colocou uma meta em sua vida neste ano de 2018: vencer o Circuito Brasil Open Mineirinho. Um dos líderes do ranking da FJJD-Rio / CBJJD, o atleta da Pitbull de Teresópolis é forte candidato a garantir a passagem para disputar um torneio internacional da UAE Jiu-Jitsu Federation na próxima temporada.

    “Eu sou metalúrgico, trabalho em uma empresa de banheira de hidromassagem. Trabalho de 7h (da manhã) até às 17h. Chego em casa para tomar um cafezinho e fazer um lanche, porque pego na academia 19h e só volto para casa às 22h. Eu treino com os meus próprios alunos, que estão montando uma equipe muito forte. Através dos meus alunos que estou conseguindo fazer boas lutas, além dos meus parceiros na Pitbull”, contou Davi, que em entrevista à TATAME também comentou sobre a dificuldade para conseguir patrocinadores.

    “A maior dificuldade no Brasil é a falta de patrocínio… Ninguém quer patrocinar, todos os empresários não querem ajudar, mas sempre querem levar o nome, mas ajudar financeiramente, não. Quando você sai do Brasil e vai lutar fora, é a hora que eles aparecem, querendo ajudar, apoiar, mas no início, ninguém quer ajudar”, desabafou Davi.

    A respeito do Circuito Brasil Open Mineirinho, o lutador conquistou o ouro duplo na faixa-preta master 1 no último Brasileiro da CBJJD, no começo deste mês. O próximo desafio, o Troféu Rio – sexta etapa do ranking -, acontece nos dias 11 e 12 de agosto, novamente no Clube Municipal, na Tijuca (RJ). Davi avisou que vai seguir firme na briga pela passagem.

    Davi Fidélis com a medalha de ouro na primeira etapa do ranking em 2018, o Desafio Verão (Foto Click Art’suave)

    “Eu estou muito feliz de participar do Circuito Mineirinho e ser um dos líderes. Eu venho muito focado neste ano para as etapas do ranking, graças a Deus, estou bem no ranking e estou muito disposto a ganhar esta passagem. A CBJJD / FJJD-Rio está de parabéns. A cada dia que passa, o nível aumenta. No Brasileiro agora, eu fiz seis lutas, três na categoria e mais três no absoluto, todos atletas de alto nível. Cada vez mais os eventos estão fortalecidos. A galera tem vindo bem focada e eu estou muito feliz. Até hoje eu não lutei fora do Brasil. Esse é o meu sonho. Concorrer a uma passagem dessas, ficamos felizes. Eu quero uma oportunidade de lutar fora. Vou com toda a minha garra”, encerrou.

    SERVIÇO:

    Troféu Brasil – 6ª etapa do ranking

    Data: 11 e 12 de agosto
    Local: Clube Municipal, na Tijuca (RJ)
    Inscrições: aqui

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome