Artigo: conheça o ‘estado de flow’ e saiba como identificá-lo em atletas de alta performance

    Em seu novo artigo, Renata Carvalho dá os detalhes sobre o 'estado de flow' (Foto Marco Aurélio Ferreira)

    * Você já esteve tão focado em algo que não percebeu o tempo passar ou teve a sensação do tempo ter ampliado? Sentiu que estava performando no seu melhor e ao mesmo tempo se sentindo muito bem? Todas as decisões estavam claras e você estava no momento presente? Sentiu um estado de êxtase quase indescritível? Se você já experimentou essas situações, então provavelmente vivenciou o “estado de flow” ou estado de fluxo.

    Flow é um termo que vem do inglês fluir e que pode ser traduzido como “estado de fluxo” ou “experiência de fluxo”. O conceito de flow foi desenvolvido na década de 70 pelo psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, PhD e professor da Universidade de Chicago, para designar as experiências ótimas de fluxo na consciência. Este psicólogo define flow como um estado mental onde o corpo e a mente fluem em perfeita harmonia, é considerado um estado de excelência caracterizado por alta motivação, alta concentração, alta energia e alto desempenho, por isso também chamado de experiência máxima ou experiência ótima. As experiências de flow geralmente são lembradas como os momentos mais felizes da vida da pessoa, os momentos onde ela se sentiu no seu melhor. No estado de flow, geralmente a pessoa está fazendo aquilo que ela mais gosta de fazer. Pessoas podem atingir este estado dançando, cantando, correndo, praticando esportes, desenhando, pintando, escrevendo, meditando e até trabalhando. Quando fazemos aquilo que mais gostamos de fazer, temos mais motivação e nos concentramos com mais facilidade. Assim, ficamos tão profundamente envolvidos e absorvidos na atividade que nem percebemos o tempo passar. Ficamos inteiramente focados no presente, no aqui e no agora, na sua atividade.

    Entretanto, para entrarmos no estado de fluxo, devemos estar sempre um degrau além da nossa zona de conforto. É preciso que a atividade possua um grau de desafio de acordo com nossas habilidades disponíveis. Se não houver desafio, entramos em um estado de relaxamento, ou até de tédio e apatia. E se o desafio estiver muito além das nossas habilidades, pode provocar reações de ansiedade, que alimentam nossos conflitos internos, nos tirando do foco do que realmente importa e do momento presente, dificultando, assim, o estado de flow. É necessário ainda que a atividade seja prazerosa e sabemos que, assim como o treinamento físico proporciona a excelência corporal, também podemos atingir o estado de flow com o treinamento mental adequado através de técnicas de respiração, estabelecimento de metas desafiadoras e compatíveis com suas habilidades, focando sempre no aqui e agora e na tarefa que precisa ser executada, eliminando distrações e pensamentos invasivos. Procurando, sempre, se observar e compreender como você reage a diferentes estímulos, assim será capaz de controlá-los de maneira mais consciente.

    Estado de flow e atletas de alta performance

    No esporte, não é diferente do que relatamos até agora. A medida em que um atleta evolui e aumenta suas capacidades, irá possivelmente atingir elevados níveis em sua carreira e novas conquistas. Conforme os desafios aumentam e as competências para realizá-los, maior a tendência em atingir um estado de flow. Quando o atleta atinge esse nível, significa que elevou o desempenho aos mais altos padrões e poderá conquistar resultados surpreendentes. Nesse momento, não há espaço para distrações ou dúvidas, e a execução das ações se dá num processo espontâneo e sem esforço consciente, quase automático. Corpo e mente estão em perfeita sintonia, eliminando qualquer conflito interno e canalizando toda a energia e atenção na tarefa, independente de qual seja a modalidade.

    Tiago Castro é atleta do CT Brasil e realiza consultas com a coach Renata Carvalho (Foto divulgação)

    Desde que comecei a trabalhar com atletas de alta performance, percebi que a maioria já atingiu este estado de flow algumas vezes na sua carreira, porém, não tinham ideia deste conceito e da importância de estar sempre em busca deste estado. Recentemente, atendendo Tiago Castro, atual campeão brasileiro de Jiu-Jitsu na sua categoria, e que conta com o apoio da academia CT Brasil, ele identificou o estado de flow como um estado que tenta sempre alcançar nas suas lutas, afirmou que na hora da competição não pode ficar preocupado, hesitante ou passivo e que procura deixar sua mente limpa, esquecendo do passado e se desligando do futuro, focando apenas no momento presente, onde parece que só existe aquele momento e ele se torna aquele momento em si. Tiago afirma ainda que, no seu caso, o estado de flow não foi algo natural, e ele precisou treinar sua mente para alcançá-lo, citando a diferença no seu desempenho como atleta de alta performance. E você, já atingiu o estado de flow? Conte-me sua experiência através do e-mail: psiespinola@gmail.com ou me mande um direct no meu Instagram (@renatacarvalho_ coach) que terei o prazer de conhecer sua vivência com o estado de flow, ou fluxo.

    * Renata Carvalho é Psicóloga clínica, Coach Esportiva de alta performance, Consultora da Academia CT Brasil e da CMT

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome