Brasileiro brilha no Japão, La Nsang segue campeão no ONE e luta ‘estranha’ marca evento nos EUA

Publicado em 03/07/2018 por: Yago Redua
Brasileiro brilha no Japão, La Nsang segue campeão no ONE e luta ‘estranha’ marca evento nos EUA Glaico Nego França foi campeão no Pancrase e agora quer uma nova chance no Ultimate (Foto Pancrase)

publicidade

No último fim de semana, diversos eventos de MMA aconteceram pelo mundo, com brasileiro campeão e lutas curiosas. No Japão, pelo Pancrase, Glaico França, campeão do TUF 4 e ex-lutador do UFC, conquistou o título dos meio-médios da franquia. O lutador da Astra Fight Team finalizou Takashi Sato e pediu, ainda no cage, para retornar ao Ultimate.

Campeão mantém cinturão e Leandro Issa vence

Campeão de duas categorias no ONE Championship, Aung La Nsang defendeu o cinturão dos médios contra Ken Hasegawa na edição “Spirit of a Warrior”, em Rangum, a maior cidade de Myanmar. O dono do cinturão, que também tem título nos meio-pesados, travou uma guerra e conquistou o nocaute apenas no quinto round com um gancho de direita.

Dois brasileiros entraram em ação no ONE Championship. No co-main event, Leandro Issa, ainda no primeiro round, finalizou Roman Alvarez com um triângulo. Já Rafael Nunes foi derrotado por Tetsuya Yamada por nocaute técnico, devido a uma interrupção médica.

Eventos nos EUA e luta estranha entre veteranos

A luta principal do Colosseum Combat 45, em Indiana (EUA), teve ares estranhos. O experiente Jhonathan Ivey acusou uma suposta lesão, mas depois foi pra cima de Travis Fulton e trabalhou de forma incessante no ground and pound. Ao término do round, deu três tapas no cage e desistiu. Com isso, a vitória ficou com Fulton por nocaute técnico.

Em entrevista após o evento, Ivey explicou a situação dizendo que Fulton é um ídolo para ele, sendo assim, não conseguiria machucar mais o adversário, citando a não interrupção.

Em Phoenix, nos Estados Unidos, foi realizado o LFA 44. No main event, Matthew Frincu derrotou Christian Aguilera por decisão unânime dos árbitros. Já no co-main event, Casey Kenney superou Salazar Roman, ex-lutador do UFC. A edição não teve brasileiros em ação.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade