Os brasileiros tiveram uma “sexta-feira 13” digna de pesadelos no Bellator 202, realizado em Oklahoma, nos Estados Unidos. Três brasileiros entraram em ação no card principal do evento e todos saíram derrotados em suas respectivas lutas. No main event da noite, a faixa-preta de Jiu-Jitsu Talita Treta disputou o cinturão peso-pena contra Julia Budd e foi superada pela canadense no terceiro round. Além disso, Dudu Dantas e Léo Leite perderam para Michael McDonald e Chris Honeycutt, respectivamente.

Talita perde para a campeã Budd

Até então invicta no MMA, com oito vitórias, Talita Treta entrou no cage disposta a fazer história e conquistar o título peso-pena feminino para o Brasil na organização. O começo da brasileira até foi bom na questão da movimentação, no entanto, aos poucos, Julia Budd foi tomando controle da situação e, ainda no primeiro round, conseguiu uma boa queda sobre a brasileira. No segundo assalto, a canadense seguiu melhor ao pressionar a faixa-preta de Jiu-Jitsu contra a grade e, com uma joelhada, conseguir um knockdown.

Na terceira parcial, após aplicar bons chutes baixos e um golpe de direita, Budd voltou a derrubar Talita, caindo já na meia-guarda, conectando fortes cotoveladas. Treta ainda tentou aplicar uma chave de perna, mas Julia escapou bem da posição e definiu o combate após um direto e outros golpes na cabeça da brasileira, que levaram o árbitro a interromper o combate a favor da campeã, que defendeu seu título com sucesso.

Dudu é nocauteado e sofre séria lesão

Em ação na luta co-principal do Bellator 202, Dudu Dantas teve uma noite para se esquecer na edição. O ex-campeão foi amplamente dominado por Michael McDonald, que precisou de apenas 58 segundos para nocautear o brasileiro com um cruzado e uma sequência de duros golpes no chão. Para piorar, Dudu, ao receber o primeiro golpe e cair, sofreu uma séria lesão, aparentemente uma fratura na fíbula, e saiu do cage com o pé enfaixado.

O brasileiro Dudu Dantas foi derrotado em menos de um minuto por Michael McDonald (Foto: Bellator)

Léo Leite é superado por americano

Primeiro brasileiro a entrar em ação no card do Bellator 202, Léo Leite levou a luta para a decisão dos árbitros, mas não teve uma boa atuação diante de Chris Honeycutt, que foi superior sobre o brasileiro utilizando a trocação e, com knockdowns no segundo e terceiro rounds, superou o faixa-preta de Jiu-Jitsu na unanimidade dos jurados.

Chris Honeycutt foi superior e derrotou Léo Leite na unanimidade dos jurados (Foto: Bellator)

RESULTADOS COMPLETOS:

Bellator 202
Sexta-feira, 13 de julho de 2018
Oklahoma, nos Estados Unidos

Card principal

Julia Budd derrotou Talita Treta por nocaute técnico no 3R
Michael McDonald derrotou Dudu Dantas por nocaute técnico no 1R
Chris Honeycutt derrotou Léo Leite por decisão unânime dos jurados
Valentin Moldavsky derrotou Ernest James por nocaute técnico no 2R

Card preliminar

Veta Arteaga derrotou Emily Ducote por decisão unânime dos jurados
Yaroslav Amosov derrotou Gerald Harris por decisão unânime dos jurados
Will Morris derrotou Charles Williams por decisão unânime dos jurados
Nation Gibrick finalizou Luis Erives com uma chave de calcanhar no 1R
Steve Kozola derrotou Ryan Walker por nocaute técnico no 1R
Rudy Schaffroth derrotou Jon Hill por nocaute técnico no 1R
Tyler Ingram finalizou Fernando Gonzalez Trevino com um mata-leão no 2R