Deiveson mira nocaute sobre Moraga e comemora troca de campeão no peso-mosca: ‘Já estava chato’

    Deiveson Figueiredo não deu chances a Joseph Morales e nocauteou no segundo round (Foto: Getty Images)
    Deiveson não deu chances para Joseph Morales e o nocauteou em sua última luta (Foto Getty Images / UFC)

    Gabriel Carvalho

    Um dos novos destaques do MMA brasileiro é o peso-mosca Deiveson Figueiredo. Invicto, o paraense chamou atenção no Ultimate com três vitórias em três lutas, que já lhe colocaram no Top 15 da categoria. O próximo passo de Deiveson será neste sábado (25), quando ele encara o americano John Moraga pelo UFC Fight Night 135, em Lincoln (EUA).

    Moraga é um atleta com mais experiência no octógono, chegou a disputar o cinturão em 2013 e atualmente vem de três vitórias consecutivas, buscando uma nova oportunidade de lutar pelo título, agora aos 34 anos. Em conversa com a TATAME, Deiveson se mostrou bastante feliz com a oportunidade de lutar contra John, atualmente o sexto no ranking.

    “Eu estou feliz, só quero que termine a dieta e vou lutar com o Moraga feliz da vida. Vou lutar contra um cara de nome, um cara experiente no UFC. Então, isso me anima pra enfrentar um cara desse nível”, garantiu o “Deus da Guerra”, como é apelidado o lutador.

    Confira abaixo a entrevista na íntegra com Deiveson Figueiredo:

    – Importância de nocautear ou finalizar

    É muito importante terminar uma luta e não deixar na mão dos juízes. Primeiro que o John Moraga vai lutar no país dele, então tenho que lutar para que eu possa obter o nocaute.

    – Preparação e análise do jogo do Moraga

    Analisei o jeito que ele lança golpes, o jeito que ele defende quedas, então eu tenho um leque de técnicas e surpresas para ele que vão aparecer na hora da luta, com certeza. Eu acho que vou ganhar na área dele, na parte de trocação. Me imagino nocauteando ele. (Me vejo ganhando) no segundo round, mas vou tentar ganhar no primeiro, com certeza.

    – Vitória do Cejudo sobre o Johnson

    Estava chato já (o “monopólio” da divisão), então foi bem legal essa derrota do Demetrious Johnson para o Henry Cejudo. Deu uma movimentada boa na categoria dos pesos moscas.

    CARD COMPLETO:

    UFC Fight Night 135
    Lincoln, em Nebraska (EUA)
    Sábado, 25 de agosto de 2018

    Card principal
    Justin Gaethje x James Vick
    Michael Johnson x Andre Fili
    Cortney Casey x Angela Hill
    Jake Ellenberger x Bryan Barberena
    John Moraga x Deiveson Figueiredo
    Eryk Anders x Tim Williams

    Card preliminar
    James Krause x Warlley Alves
    Cory Sandhagen x Iuri Marajó
    Andrew Sanchez x Markus Maluko
    Mickey Gall x George Sullivan
    Joanne Calderwood x Kalindra Faria
    Drew Dober x Jon Tuck
    Rani Yahya x Luke Sanders

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome