Emirados Árabes Unidos brilham e dominam pódios na estreia do Jiu-Jitsu nos Jogos Asiáticos

    Nawad e Alblooshi, dos EAU, ficaram com ouro e prata, respectivamente, na divisão até 56kg (Foto Gentle Art Media)

    O Jiu-Jitsu agora faz parte do movimento olímpico. Nesta sexta-feira (24), foi dada a largada para a primeira competição de Jiu-Jitsu nos Jogos Asiáticos 2018, o segundo maior evento multiesportivo do mundo. A 18ª edição acontece nas cidades de Jacarta e Palembang, na Indonésia, e reúne milhares de atletas, das mais diversas modalidades.

    O primeiro dia de competição, no Jakarta Convention Center, contou com três classes de peso, sendo duas masculinas e uma feminina. Confira abaixo o resumo de cada categoria:

    – Categoria até 56kg

    Os Emirados Árabes Unidos controlaram as ações nesta categoria. Hamad Nawad e Khalid Alblooshi tiveram atuações contundentes até a decisão. Alblooshi começou nas oitavas com o pé direito ao vencer Hong Son Dao do Vietnã. Enquanto isso, Nawad surpreendeu Ariet Bekishov por 2 a 0 nos pontos para avançar na chave. Na fase seguinte, Alblooshi encarou Doston Ruziev, do Uzbequistão, e venceu por 4 a 0, nas quartas de final. Seu compatriota, Hamad, venceu Akmal Amirov por decisão unânime dos árbitros para chegar às semifinais.

    Os dois lutadores alcançaram a disputa pela medalha de ouro de maneira diferente. Alblooshi impôs seu jogo contra Nurzhan Seiudali, do Cazaquistão, para construir uma vantagem de 5 a 0 e garantir sua vaga na final. Nawad teve muito mais problemas contra Eerdenebaatar Ulziitogtokh, da Mongólia. Hamad abriu 2 a 0 na pontuação, entretanto, viu o adversário quase passar sua guarda. O árbitro considerou a passagem e deu os três pontos. Depois que a partida terminou, porém, os Emirados Árabes Unidos fizeram um protesto formal e conseguiram anular a pontuação. Com isso, Nawad se garantiu na final.

    A final foi rápida e curta. Depois de puxar para guarda, Nawad foi capaz de encontrar uma chave de pé e finalizar Alblooshi para garantir a medalha de ouro para os Emirados Árabes.

    Pódio
    1º – Hamad Nawad (EAU)
    2º – Khalid Alblooshi (EAU)
    3º – Nurzhan Seiduali (KAZ)
    3º – Kemal Meredov (TUK)

    – Categoria até 69kg

    Torokan Bagynbai não escondeu sua felicidade depois da última luta contra Talib Alkirbi, dos Emirados Árabes Unidos. Uma queda no início do jogo foi o suficiente para construir uma vantagem de 2 a 0 nos pontos – que lhe garantiu a medalha de ouro na disputa.

    Antes disso, Bagynbai derrotou o tailandês Banpot Lertthaisong por 4 a 2, depois superou Jelilmuhammet Hojamyradov, do Turcomenistão, também por 4 a 2 nos pontos. Além da dupla, de maneira apertada, Bagynbai também venceu Mansur Khabibulla, do Cazaquistão.

    Pódio
    1º – Torokan Bagynbai (KZY)
    2º – Talib Alkirbi (EAU)
    3º – Nartay Kazhekov (KAZ)
    4ª – Banpot Lertthaisong (PHI)

    Jessa Khan foi a grande campeã na categoria até 49kg entre as mulheres (Foto Ane Nunes / Gentle Art Media)

    – Categoria até 49kg

    Jessa Khan, do Camboja, foi impiedosa durante as disputas em Jacarta. A faixa-preta atropelou a divisão com um ótimo desempenho. Ela estreou contra Swanan Boonsorn, da Tailândia, finalizando a adversária com um bonito armlock dentro do triângulo.

    Na sequência, finalizou, da mesma forma, Nahid Pirhadi nas quartas de final. O lugar na disputa pela medalha de ouro veio com uma vitória apertada sobre Jenna Napolis, das Filipinas, por 1 a 0 nas vantagens. A adversária de Khan na final foi Marha Alhinaai, dos Emirados Árabes Unidos, que também teve uma ótima exibição no torneio em Jacarta.

    Alhinaai derrotou Bayarmaa Munkhgerel da Mongólia em vantagens nas quartas de final e, depois, superou Thi Minh, do Vietnã, pelo impressionante placar de 14 a 0 nos pontos, pela semifinal. A disputa pela medalha de ouro durou pouco, quando Jessa chamou para guarda e finalizou Mahra, com um armlock. Assim, a lutadora fez história no Jiu-Jitsu local.

    Pódio
    1º – Jessa Khan (CAM)
    2º – Mahra Alhinaai (UAE)
    3º – Thi Minh (VIE)
    3ª – Margarita Ochoa (PHI)

    As competições de Jiu-Jitsu nos 18º Jogos Asiáticos, em Jacarta, continuam neste sábado (25), com disputas no masculino na divisões -62kg e -92kg, além de -62kg para mulheres.

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome