Integrantes da luta principal do Max Fight 20 analisam duelo por título e garantem: ‘Será um grande show’

Publicado em 07/08/2018 por: Mateus Machado
Integrantes da luta principal do Max Fight 20 analisam duelo por título e garantem: ‘Será um grande show’ Edição número 20 acontecerá no próximo dia 18 de agosto, em Campinas, São Paulo (Foto divulgação)

publicidade

Por Mateus Machado

Considerado um dos maiores eventos nacionais de MMA na atualidade, o Max Fight vem preparando um grande card para sua 20ª edição, que marca o retorno da organização ao cenário após um ano. A volta está agendada para acontecer no próximo dia 18 de agosto, mais uma vez na cidade de Campinas, em São Paulo, e promete uma grande festa.

Na luta principal, o cinturão da categoria até 70kg estará em disputa, com o campeão Lucas Almeida defendendo seu título diante de Guilherme Carcaça. Invicto no MMA profissional, com nove vitórias, Lucas falou sobre a grande expectativa para a realização do confronto, ressaltando o respeito em relação ao adversário e fazendo questão de elogiá-lo.

“Os preparativos para a luta estão a todo vapor. Fiz uma preparação completa, terminei meu camp de treino forte na Team Nogueira, com o Erick Silva e também com outros lutadores do UFC. Treinei de tudo, com muitos campeões mundiais no Jiu-Jitsu, no Boxe, Kickboxing. Procurei afiar bastante a minha trocação, que é meu carro-chefe. A preparação física também foi muito forte, fizemos um trabalho bem completo dessa vez, por ter um tempo bom de aviso da luta, então deu para fazer um ótimo trabalho. Sobre o meu adversário, é um cara duro, bom de Jiu-Jitsu e também é bom na trocação. Boxeia bem, chuta bem, é um cara completo. Espero dar um show para os torcedores, vou fazer o meu melhor para manter o cinturão. Eu ralei muito para conquistar esse título, não vou perder por qualquer coisa. Treinei bastante e espero que o Guilherme Carcaça também tenha se preparado muito bem para que a gente possa dar um grande show aos”, afirmou o atleta.

Já Guilherme Carcaça, de 28 anos, é mais experiente em relação ao campeão. Atuando profissionalmente desde 2008, o lutador de Campinas contabiliza 16 triunfos e seis derrotas em seu cartel, e em sua última luta, pelo Titan FC, apesar da derrota para Rafael Alves, teve uma boa atuação, que o levou até a disputa de cinturão no Max Fight.

“A expectativa é a melhor possível para um confronto incrível. Eu já sou um cara que está há muito tempo na luta, já faz 10 anos que sou profissional e acabei de fazer uma luta nos Estados Unidos. Treinei lá, na equipe do Henri Hooft, uma equipe top, onde treinam vários caras do UFC, como Luke Rockhold, Rashad Evans, Gilbert Durinho, Kamaru Usman, entre outros. E da onde eu sou, aqui de Campinas, temos o Ricardo Carcacinha em nossa equipe, que acabou de vencer pelo UFC, dentre outros caras que vão lutar no Max Fight. O meu adversário é bom de trocação, eu acho que preciso tomar cuidado com ele em pé, mas acredito que sou mais completo que ele em todos os quesitos, além de ser mais experiente, e eu acho que a experiência vai contar muito nessa luta, ainda mais por ser um duelo valendo cinturão e de cinco rounds. Tenho muita experiência, meu cartel tem 16 vitórias e seis derrotas, considero que isso vai prevalecer. Já são 10 anos como profissional, já treinei com muito cara conhecido, então está na hora de eu conquistar o cinturão e lutar por um grande evento”, disse o lutador, que ainda aproveitou para relembrar que assistiu à primeira edição do Max Fight, além de pedir uma chance para lutar no reality show Contender Series, organizado por Dana White, presidente do UFC.

“Eu fui assistir o primeiro Max Fight quando ainda era moleque, não era nem maior de idade (risos), mas fui assistir vários amigos meus na época, e eu me vi ali dentro um dia. Hoje, eu vou fazer a luta principal, disputando o cinturão, então é um sonho realizado. Além disso, eu queria uma chance para lutar o Contender Series (reality show promovido por Dana White que dá chance aos atletas no UFC) para o Dana White me ver lutando e eu poder mostrar meu estilo. Acho que é um jeito legal de lutar, porque eu vou para cima, luto em todas as áreas e procuro dar um show, então combina”, encerrou o paulista.

CARD COMPLETO:

Max Fight 20
Campinas, em São Paulo
Sábado, 18 de agosto de 2018

Lucas Almeida x Guilherme Carcaça
Thiago “Samurai” Santos x Bruno Beirute
Lucas Malaco x Hulkinho
Neto Chuck x Bruno Bolt
Guilherme Del Campo x Allan “Mumm-Ra” Gomes
Matheus Henrique x Alessandro dos Santos
Clesio Caveirinha x Clodoaldo Ferreira
Roberto Souza x Lucas Camargo
Gustavo Erak x Diogo Pink
Glória de Paula x Beatriz Gomes
Estevan Roca x Guilherme Pirane
Ewerton Ferreira x Mario “Ninrode” Alves
Felipe Kazú x Severino Neto Fúria

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade