Werdum recebe suspensão de dois anos da USADA após falha em antidoping; leia

    Aos 41 anos, Werdum estará perto de completar 43 quando estiver liberado para voltar (Foto Getty Images / UFC)

    A USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) anunciou, nesta terça-feira (11), a suspensão de dois anos do peso-pesado gaúcho Fabrício Werdum. Segundo o órgão responsável pelo controle de substâncias proibidas no UFC explicou, a suspensão de Werdum vem de uma amostra coletada fora do período de competição, no dia 25 de abril, onde foi encontrado o esteroide anabolizante trembolona e seu metabólito epitrembolona.

    No dia 22 de maio, foi anunciada a suspeita de violação na política antidoping por parte do brasileiro, com o início da sua suspensão preventiva. Como a punição é retroativa, o “Vai Cavalo” só estará apto para retornar ao octógono a partir do dia 22 de maio de 2020.

    Veja o comunicado original (em inglês), aqui

    Aos 41 anos, Werdum estava com duelo marcado contra Alexey Oleynik para o main event UFC Rússia quando tudo aconteceu. Quando retornar, o brasileiro, que em sua última luta acabou superado por Alexander Volkov, em março, estará com quase 43 anos de idade.

    Campeão mundial de Jiu-Jitsu, campeão do ADCC e ex-campeão peso-pesado do Ultimate, Fabrício Werdum é um dos grandes representantes do Jiu-Jitsu brasileiro no MMA. Em sua trajetória nas artes marciais mistas, o gaúcho soma 23 vitórias, oito reveses e um empate.

    1 COMENTÁRIO

    1. Trembolona é um anabolizante veterinário. Muito nocivo à saúde. O Werdun não precisa de envenenar, melhor parar, seu nome já está feito no MMA.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome