Após suspensão, Werdum dispara: ‘Meu apelido é Vai Cavalo, não Vai Burro’; veja

    Werdum foi suspenso por dois anos pela USADA, após testar positivo em exame de doping (Foto Getty Images / UFC)

    Após sair a sentença da USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos) de dois anos de suspensão do peso-pesado Fabrício Werdum, na última terça-feira (11), o lutador se manifestou. Em um breve comunicado nas redes sociais, através do Stories do Instagram – ferramenta que apaga as postagens em 24 horas -, o ex-campeão do UFC disse que vai dar mais detalhes na “hora certa”, porém mostrou sua indignação com o resultado final.

    “Estou aqui para falar da decisão da USADA. Na hora certa, eu vou me pronunciar. E também meu apelido é Vai Cavalo, não Vai Burro”, disse o lutador de 41 anos, em vídeo.

    No exame do dia 25 de abril, “Vai Cavalo” testou positivo para o esteroide anabolizante trembolona e seu metabólito epitrembolona. A suspeita de violação foi realizada em 22 de maio. Como a suspensão é retroativa, Werdum só poderá voltar ao cage em maio de 2020.

    8 COMENTÁRIOS

    1. acabaram de vez com a carreira do Verdum. Em 2020 ele estará com 43 anos e sem condições de ganhar lutas com as feras da categoria que estão surgindo agora.

    2. CHAMPS O TEMPO DELE PASSOU!!! CONSEGUIU DRIBLAR A USADA ATÉ AONDE DEU….. TODO MUNDO SABE QUE UM DIA A CASA CAI. E A DO VAI COICE CAIU. AGORA VAI MONTAR NUMAS EGUINHAS , VOCE TERÁ TEMPO HÁBIL PARA ISSO. OUTRO BRASILEIRO CAMPEÃO DO UFC DE MENTIRINHA KKKKKKKKKKKKKKKKK
      SÓ LEIGO DISCORDA !

    3. Quando qualquer do povo que for de encontro aos interesses do Dana White ou zombar, falar mal ou agredir algum lutador queridinho norte americano, a USADA faz o cara testar positivo. Só o olhar os casos: Wanderley, Anderson Silva, Cris Cyborg, etc

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome