Oleynik finaliza Hunt e comanda festa da torcida na estreia do UFC na Rússia; veja

    Alexey Oleynik fez a festa da torcida russa ao finalizar Mark Hunt na luta principal (Foto Getty Images / UFC)

    Foi com festa a estreia do UFC na Rússia. Pela primeira vez em quase 25 anos, a maior organização de MMA do mundo desembarcou em Moscou, neste sábado (15), para o UFC Fight Night 136. A expectativa era tanta que o público lotou a Olimpiyskiy Arena, com 22.603 fãs – quinto maior público da história do Ultimate – apoiando os lutadores da casa.

    A tática, por sinal, deu certo. Os russos dominaram o evento, dando show dentro e fora do octógono. Na luta principal, Alexey Oleynik não tomou conhecimento de Mark Hunt e, no primeiro round, encaixou um mata-leão para somar mais uma vitória por finalização. Único brasileiro no card, Thiago “Pitbull” Alves acabou superado pelo duro Alexey Kunchenko.

    Mais uma finalização no currículo de Alexey Oleynik

    O main event do UFC Rússia foi um duelo de estilos. De um lado, o trocador Mark Hunt, especialista na luta em pé. Do outro, Alexey Oleynik, russo que tem seu ponto forte na luta agarrada, com cerca de 80% das vitórias da sua carreira conquistas por finalização.

    O início da luta foi estudado, com Hunt conectando bons chutes baixos e castigando a perna do russo. Porém, a primeira chance que Alexey teve para agarrar o neozelandês foi o suficiente para encerrar o combate. Já no fim do primeiro round, ele conseguiu pegar as costas e, após se ajustar, encaixou o mata-leão para forçar os três tapinhas de Hunt.

    A vitória fechou com chave de ouro a participação russa no evento em Moscou, além de significar passos importantes para o veterano Oleynik na divisão dos pesos pesados.

    Jan Blachowicz somou sua quarta vitória seguida na divisão dos meio-pesados (Foto Getty Images / UFC)

    Blachowicz dá show, finaliza Nikita Krylov e faz desafio

    A co-luta principal colocou dois fortes candidatos ao title shot na divisão dos meio-pesados frente a frente, porém, quem saiu da disputa fortalecido foi Jan Blachowicz. Diante da pedreira Nikita Krylov, o polonês impôs seu jogo e não sentiu a pressão vindo da torcida.

    Após dominar o primeiro round, Blachowicz voltou para o segundo assalto disposto a finalizar o confronto, e o fez, através de um bonito kagatame. Agora com quatro vitórias seguidas no Ultimate, o lutador pediu pela disputa de cinturão em entrevista pós-luta.

    Em duelo morno, Shamil não teve dificuldades para dominar e vencer Arlovski (Foto Getty Images / UFC)

    Abdurakhimov domina Andrei Arlovski no chão e vence

    Quem esperava um encontro rápido entre os pesos pesados Andrei ArlovskiShamil Abdurakhimov se enganou. Sem nenhum dos dois lutadores conseguir encaixar um nocaute ou finalização, Shamil foi controlando a luta no chão e travando o jogo do “Pitbull”.

    Foram praticamente três rounds do mesmo cenário, com Shamil por cima e Arlovski oferecendo algum perigo real apenas no fim da disputa, que terminou com vitória por unanimidade do “Abrek”. O triunfo marca o segundo resultado positivo seguido do lutador.

    Thiago Pitbull até tentou, mas não foi páreo para o jogo do estreante Kunchenko (Foto Getty Images / UFC)

    Kunchenko aumenta drama de Thiago Pitbull no UFC

    Na abertura do card principal, Alexey Kunchenko e Thiago Pitbull protagonizaram uma boa disputa. O primeiro round foi estudado, com ambos bem postados no octógono e medindo a distância. A partir do segundo assalto, o russo foi crescendo, enquanto Thiago apostava nos chutes – altos e baixos – para oferecer perigo, porém sem muito sucesso.

    No terceiro e último round, mais inteiro que o brasileiro, Kunchenko foi pra cima com tudo e colocou pressão. O lutador da ATT até resistiu, mas não foi o suficiente para convencer os jurados, que decretaram vitória por decisão unânime para o estreante Alexey Kunchenko.

    Com o resultado, o russo, ex-campeão do M-1, segue invicto no MMA, agora com 19 vitórias. Thiago Pitbull, por sua vez, conheceu sua quarta derrota nas últimas cinco lutas.

    Ankalaev conquistiu grande nocaute sobre Marcin Prachnio no card preliminar (Foto Getty Images / UFC)

    Torcida empolga e russos brilham no card preliminar

    Com uma grande participação da torcida, que lotou a Olimpiyskiy Arena e impulsionou os atletas da casa, os russos deram show no card preliminar do UFC Fight Night 136. Entre os principais destaques, Khalid Murtazaliev derrotou CB Dollaway por nocaute técnico e Magomed Ankalaev nocauteou Marcin Prachnio após conectar uma joelhada certeira.

    Petr Yan, Rustam Khabilov e Mairbek Taisumov também foram bem, vencendo lutas duras contra os seus respectivos adversários. O americano Jordan Johnson, por sua vez, finalizou Adam Yandiev com um katagatame no segundo round e se manteve invicto no MMA.

    RESULTADOS COMPLETOS:

    UFC Fight Night 136
    Olimpiyskiy Arena, em Moscou (RUS)

    Sábado, 15 de setembro de 2018

    Card principal
    Alexey Oleynik finalizou Mark Hunt com um mata-leão no 1R
    Jan Blachowicz finalizou Nikita Krylov com um katagatame no 2R
    Shamil Abdurakhimov derrotou Andrei Arlovski por decisão unânime dos jurados
    Alexey Kunchenko derrotou Thiago Pitbull por decisão unânime dos jurados

    Card preliminar
    Khalid Murtazaliev derrotou CB Dollaway por nocaute técnico no 2R
    Petr Yan derrotou Jin Soo Son por decisão unânime dos jurados
    Rustam Khabilov derrotou Kajan Johnson por decisão dividida dos jurados
    Mairbek Taisumov derrotou Desmond Green por decisão unânime dos jurados
    Magomed Ankalaev derrotou Marcin Prachnio por nocaute no 1R
    Jordan Johnson finalizou Adam Yandiev com um katagatame no 2R
    Ramazan Emeev derrotou Stefan Sekulic por decisão unânime dos jurados
    Merab Dvalishvili derrotou Terrion Ware por decisão unânime dos jurados

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome