Canelo Álvarez supera ‘GGG’ por decisão na ‘luta do ano’ e vira rei do peso-médio

    Em luta repleta de rivalidade, Álvarez derrotou 'GGG' para se tornar o grande nome do peso-médio (Foto Getty Images)

    Um ano após o grande combate – e o polêmico empate -, o mexicano Canelo Álvarez venceu a revanche contra Gennady Golovkin, que aconteceu na madrugada do último sábado (15), em Las Vegas (EUA). Depois de outros 12 rounds equilibrados, Canelo saiu com o triunfo por decisão majoritária dos juízes, conquistando assim os títulos dos médios da Associação Mundial de Boxe (WBA), Conselho Mundial de Boxe (WBC) e da Organização Internacional de Boxe (IBO), além do cinturão vago da conceituada revista “The Ring”.

    O reencontro, que parou o mundo do Boxe, foi tão ou mais apertado que o primeiro duelo, porém, desta vez contou com uma maior participação dos juízes. Dos três responsáveis por pontuar, um viu empate, dando 114-114, enquanto dois marcaram 115-113 para Canelo.

    Com a vitória, o lutador mexicano, que retornou aos ringues após cumprir seis meses de suspensão por doping – alegou o consumo de carne contaminada -, se torna o maior nome do peso-médio e um dos maiores do esporte na atualidade. Além disso, faturou cerca de US$ 20 milhões, assim como “GGG”. Ao todo, o confronto deve girar US$ 150 milhões.

    Aos 28 anos, Saúl “Canelo” Álvarez agora ostenta um cartel de 50 vitórias, um revés – pra Floyd Mayweather – e dois empates. O cazaque Golovkin, por sua vez, conheceu a primeira derrota da sua carreira, somando ainda 38 triunfos e um empate. Os dois têm 34 nocautes.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Comente
    Seu nome