Com o revés para Alexey Kunchenko, no último sábado (15), pelo UFC Fight Night 136, na estreia da organização na Rússia, Thiago “Pitbull” Alves chegou a negativa marca de quatro derrotas e apenas uma vitória nas suas últimas cinco lutas. Porém, apesar do momento ruim, o lutador brasileiro não se abala e segue confiante em dar a volta por cima.

Após a luta em Moscou, vencida por Kunchenko por decisão unânime dos jurados, Thiago, que deu trabalho para o russo nos dois primeiros rounds, postou em suas redes sociais:

“Não foi o resultado que esperávamos, mas me senti super bem na luta. Não existe meio-termo no MMA: ou você ganha ou aprende… Vamos para a próxima”, disse em um trecho.

Aos 34 anos, Thiago Pitbull luta pelo UFC desde 2005 e, inclusive, já disputou o cinturão meio-médio da organização, na época com Georges St-Pierre, além de ter enfrentado outros grandes nomes da categoria. Porém, convivendo constantemente com as lesões, o brasileiro não conseguiu repetir o bom desempenho que obteve entre 2006 e 2009.

Veja o post do lutador abaixo:

https://www.instagram.com/p/BnwwH3yleq3/?hl=pt-br&taken-by=thiagoalvesatt