Brave anuncia demissão de campeão dos leves: ‘Se não quer lutar, não tem lugar na nossa organização’

Publicado em 19/09/2018 por: Gabriel gabriel
Brave anuncia demissão de campeão dos leves: ‘Se não quer lutar, não tem lugar na nossa organização’ Presidente do Brave, Mohammed Shahid anunciou a demissão de Ottman Azaitar (Foto: Divulgação)

publicidade

Após semanas de especulação sobre o futuro da categoria peso leve do Brave Combat Federation, o presidente da organização, Mohammed Shahid, anunciou o fim do reinado de Ottman Azaitar. O marroquino, que conquistou o cinturão até 70 kg em novembro do ano passado, não é mais o campeão da categoria e está fora da franquia.

Através das redes sociais do Brave, Shahid fez o anúncio da retirada do cinturão de Azaitar e indicou Luan “Miau” Santiago como possível desafiante ao título vago.

“Ottman Azaitar teve uma grande carreira no Brave, fez um excelente combate no Brave 14, que não foi pelo título. Se olharmos para a divisão peso leve do evento não tivemos uma defesa de cinturão em quase um ano. Isso não é justo para toda a divisão, então tivemos que tomar uma decisão sobre isso (…) Nós nos importamos em termos os melhores lutadores, não os mais famosos. Se um atleta não está disposto a se testar, então ele não tem lugar na nossa organização (…) Para oficializarmos tudo, Ottman Azaitar não é mais o campeão peso leve do Brave. Teremos uma luta pelo cinturão vago no Brave 18, em novembro, no Bahrein”, declarou Shahid.

A saída de Azaitar pode abrir caminho para um brasileiro. Luan “Miau” Santiago, Lutador do Ano no Brasil em 2016 e tido como uma das maiores promessas de 2018 pela revista Fighters Only, é um dos candidatos a lutar pelo cinturão vago.

“Temos três grandes atletas que podem lutar pelo título. Abdul-Kareem Al-Selwady, que para mim, é o futuro da divisão. Um grande atleta, com uma ética de trabalho absurda e muito talento. Temos Luan “Miau”, que ficou muito perto de ganhar o cinturão interino. Todos concordaram que ele vinha ganhando bem a luta contra (Lucas) ‘Mineiro’ antes de sofrer um acidente no fim da luta. Ele é um striker de mão cheia e muito talentoso também. Por fim, temos Eldar Eldarov, que também tem condições e merece disputar o título”.

O duelo pelo título peso leve deve ser uma das grandes atrações do retorno do Brave ao Bahrein, marcado para o dia 16 de novembro, na International Combat Week.

Veja também

publicidade

Mais lidas

publicidade

Instagram
Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba notícias e novidades em primeira mão

publicidade