O faixa-preta Manuel Ribamar está pronto para voltar a lutar neste fim de semana, pelo Grand Slam de Los Angeles, na Califórnia, organizado pela UAEJJF.

Ribamar, que estava no Brasil para ministrar seminários, utilizou o tempo para recarregar a energia com a sua família em Manaus, onde deu os primeiros passos dentro do Jiu-Jitsu. O plano de atleta é brilhar é conquistar o ouro na divisão até 85kg.

“Foi muito bom estar no Brasil. Consegui recuperar minhas energias, ver minha família e treinar. Foi muito importante. Eu fui na NS Brotherhood ajustar minhas posições para chegar bem forte e surpreender”, disse Ribamar, antes de analisar a categoria.

“Minha categoria nunca tem luta fácil. Todas as lutas vão ser como uma final. Me sinto pronto mentalmente para qualquer evento”.

Ribamar, que também representa a equipe de Rodrigo Pinheiro, no Texas, aproveitou para comentar sobre a premiação de 2,500 dólares para o campeão.

“É importante a premiação em dinheiro. A organização faz um ótimo trabalho de valorizar os atletas. Nós temos gastos diários e é importante ter um dinheiro extra, além do patrocínio”, encerrou.