Campeão peso-meio-médio do Brave CF, Carlston Harris colocará seu título em jogo contra Jarrah Al-Selawe na luta principal do Brave 16, que acontece na próxima sexta-feira (21), em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos. O guianense radicado no Rio de Janeiro enfrentará o maior desafio da sua carreira diante de Al-Selawe, uma vez que o jordaniano tem o maior número de vitórias na história da organização, com cinco.

Fora de ação há mais de um ano devido a uma série de lesões, Harris está recuperado e pretende “roubar a cena”, assim como fez em agosto passado, quando aceitou lutar pelo título com um dia de antecedência e virou dono do cinturão inaugural meio-médio.

“Não pretendo ser um campeão que simplesmente tem o cinturão para tirar selfies. Não há nenhum campeão como eu no Brave, eu sempre aceito o maior desafio possível. Eu aceitei enfrentar em um dia um atleta preparado para fazer cinco rounds. Eu fiz os cinco rounds e dominei a luta. Agora estou aqui pronto para fazer uma guerra contra o recordista de vitórias da organização”, disse “Moçambique”, que treina na renomada equipe RFT, no Rio.

O tempo fora não diminuiu a confiança de Carlston, que garante ser o melhor campeão e lutador do Brave, e pretende provar isso ao mundo no maior evento do ano da franquia.

“Não sou só o melhor campeão, sou o melhor lutador do Brave. Não me importa quem o Brave colocar na minha frente, irei aterrorizá-lo e dar aos fãs a melhor luta. Agradeço a Jarrah por ter me esperado, mas eu estou pronto para guerrear”, comentou Harris.

O Brave 16 terá duas lutas de cinturão em seu card principal. Além da primeira defesa de título de Carlston Harris, o campeão peso-pena Elias Boudegzdame tentará manter seu cinturão diante de Bubba Jenkins. Dez vezes campeão mundial de Jiu-Jitsu, o peso-mosca Bruno Malfacine fará sua terceira luta de MMA diante de Cristian Rodriguez Jr, enquanto o veterano Flávio Serafim estreia no Brave Combat Federation diante de Vaughn Donayre.